Visão Geral

O Software de Configuração do Sistema Designer permite que integradores e planejadores de sistemas planejem e implementem uma cobertura de áudio precisa para instalações que usam certos microfones da Shure. O Designer permite que você planeje o design, o roteamento a configuração e utilize os dispositivos de publicação, tudo isso com somente uma ferramenta. Você pode criar modelos precisos de espaços de reuniões e apresentações com a importação da planta baixa, dimensionamento do espaço, posicionamento dos dispositivos ao redor das áreas de participantes e lóbulos de captação no diagrama do espaço para obter uma cobertura precisa.

O Designer permite que você crie e edite parâmetros de cobertura antes que os dispositivos sejam instalados ao:

  • identificar o posicionamento do microfone, o tamanho do espaço e a altura do teto
  • adicionar canais
  • criar áreas de cobertura precisa
  • ajustar as configurações do equalizador
  • gerenciar o roteamento de sinal

Após concluir o seu design off-line, você pode enviar as configurações para os dispositivos ao vivo e ajustá-los no local, tudo isso no Designer. Se você preferir, pode exportar as predefinições do dispositivo para fazer upload e usar a interface do usuário da web de cada dispositivo.

Características

  • Projete a cobertura de áudio, seja on-line ou off-line, para instalações que utilizam estes microfones e dispositivos Shure:
    • Microfone de Arranjo de Teto MXA910
    • Microfone de Arranjo de Mesa MXA310
    • Processador de Conferência de Áudio P300 IntelliMix
    • Interface de Rede de Áudio USB ANIUSB-MATRIX
  • Dimensione com precisão plantas baixas e fotos de referência para configuração de dispositivo precisa
  • Adicione vários dispositivos para criar instalações maiores e mais complexas
  • Realize o roteamento de sinal para vários produtos Shure em uma ferramenta de software
  • Crie e reutilize modelos em diversos locais
  • Envie as configurações para grupos de dispositivos de uma vez só
  • Exporte facilmente as predefinições dos dispositivos para um local individual
  • Organize instalações de diversos espaços, prédios e clientes
  • Economize tempo e despesas de viagens usando a importação de uma planta baixa e dispositivos virtuais para projetar o sistema off-line
  • Compartilhe os arquivos do projeto com outros usuários do Designer para que várias pessoas possam trabalhar no mesmo projeto

Introdução

1. Criar um projeto

Inicie um projeto do Designer e crie um local que corresponda ao ambiente planejado. Você pode projetar uma única sala ou criar diversos locais que correspondam ao layout do prédio ou campus.

2. Projetar seu espaço de trabalho

Arraste os dispositivos virtuais com os quais você deseja trabalhar no espaço de trabalho. Selecione dispositivos individuais para exibir suas propriedades à direita ou clique em Configurar para acessar e alterar as configurações mais avançadas.

3. Tarefas específicas do dispositivo

  • Somente microfones de arranjo de teto:
    1. Guia Mapa de cobertura — Dimensione o local usando as dimensões e especificações reais da sala.
    2. Use uma planta baixa ou imagem de referência para iniciar o projeto do seu local. Clique em Adicionar imagem para importar sua planta baixa e dimensioná-la conforme um ponto de referência no desenho.

      Use a imagem para focar a cobertura de áudio nas áreas de participantes esperadas e projete com maior precisão usando as dimensões reais da sala.

    3. Adicione os dispositivos e posicione os canais ao redor das áreas participantes. Vários dispositivos podem ser configurados no mesmo local, possibilitando excelente cobertura de áudio para espaços maiores e mais complexos. Clique em Adicionar canal para preencher o espaço com lóbulos.

    4. Use o Designer para ajustar as configurações do equalizador, gerenciar o roteamento de sinal e definir as propriedades do dispositivo.
  • Somente microfones de arranjo de mesa:
    1. Selecione o dispositivo e clique em Configurar.
    2. Clique em Adicionar canal para adicionar canais para o microfone.
    3. Use Propriedades para fazer seleções para as configurações de canal.
  • Somente P300:
    1. Selecione o dispositivo e clique em Configurar.
    2. Use os diversos recursos para selecionar as configurações de processamento de sinal.
  • Somente ANIUSB:
    1. Selecione o dispositivo e clique em Configurar.
    2. Use os diversos recursos para selecionar as configurações de processamento de sinal.

4. Criar o fluxo de sinal

Clique em Fluxo de sinal para acessar o fluxo de sinal Dante entre os dispositivos.

Observação: o Designer cria as rotas Dante entre os dispositivos Shure

5. Alternar para o modo ao vivo

  • Clique em Visão Geral para acessar o botão Modo ao vivo.
  • Clique em Modo ao vivo para conseguir enviar seu projeto aos dispositivos descobertos.

6. Identificar um dispositivo descoberto

Verifique se você está selecionando o dispositivo correto passando o mouse sobre o dispositivo e clicando em Identificar.

7. Associar seus dispositivos virtuais e descobertos

Associe seus dispositivos descobertos com seus dispositivos virtuais arrastando os dispositivos descobertos para os virtuais.

8. Sincronizar e enviar

Clique em Sincronização > Enviar p/ dispositivos para enviar suas configurações aos dispositivos descobertos.

Importante: Enviar p/ dispositivos substitui todas as configurações nos seus dispositivos. Se deseja salvar um backup das configurações nos seus dispositivos antes de substituí-los, crie um novo local, clique em Modo ao vivo e Extrair de dispositivos primeiro.

9. Ajustar os dispositivos

Quando a sincronização é concluída, você pode fazer alterações diretamente em seus dispositivos descobertos e ajustar cada canal, ouvindo a verificação de som e fazendo ajustes em tempo real de dentro do Designer.

Instalação do Software

Download do Aplicativo

Faça download do aplicativo e aprenda mais sobre ele em www.shure.com/designer.

Versões do Software

Novas versões deste software são lançadas periodicamente para incluir novos recursos e melhorias de desempenho. Este documento dá suporte à versão mais recente do software. Para obter mais informações sobre lançamentos individuais, consulte as notas de versão em www.shure.com.

Como Entrar em Contato com a Equipe de Suporte da Shure

O Suporte de Sistema Shure fornece equipes de suporte regionais com conhecimento profundo dos dispositivos Shure, rede de áudio digital e das melhores práticas para sua instalação. Se ocorrerem problemas durante a instalação ou configuração do software, entre em contato com o Suporte de Sistema Shure para obter assistência. Na região das Américas, ligue para 312-736-6006 ou acesse o site www.shure.com para localizar seu contato de suporte local.

System Requirements

Prerequisites

Portas Necessárias

Portas de Entrada do Servidor

Soquetes HTTP e Web

80 (padrão)
  • Servidor de banco de dados Mongo
  • API da web
  • Servidor de Inventário (API do Dispositivo)
Três portas, alocadas dinamicamente na instalação, usando portas disponíveis na faixa de 10 000–65 535.

Instalar Atualizações do Windows

Certifique-se de que seu sistema operacional esteja atualizado antes de instalar o software.

Sistema Operacional

Os sistemas operacionais a seguir são compatíveis com uma máquina física ou virtual:

  • Windows 10 (Professional ou Enterprise), edição de 64 bits
  • Windows 8.1 (Professional ou Enterprise), edição de 64 bits
  • Windows 7 (Professional ou Enterprise), edição de 64 bits

Hardware

Memória do sistema 3 GB de RAM disponível
Espaço do disco rígido 2 GB disponível
Processador Dual-core ou posterior

Atualizações Automáticas de Configuração

As configurações a seguir são feitas automaticamente durante a instalação do software.

Pré-requisitos do Instalador

Os requisitos a seguir são adicionados automaticamente durante o processo de instalação:

  • PowerShell Community Extensions 3.1
  • Microsoft .NET Framework 4.6.2
  • Microsoft Visual C++ 2013 Redistributable Package (x86)
  • Microsoft Windows Management Framework 4.0
  • MongoDB v3.2.0

Firewall do Windows

Porta Local 5568, 8427

Backup e Restauração do Banco de Dados

Proteja-se contra perda de dados fazendo backup do banco de dados do MongoDB (instalado com o Designer) que armazena suas informações do software da Shure. Backups são sempre úteis ao migrar para um novo servidor.

Os backups armazenam todas as configurações de projetos, locais e dispositivos que sua equipe fez no software. Para restaurar o backup, são suportados somente arquivos de backup (.bak) que correspondam à versão de software atualmente em operação.

Backup do Banco de Dados do Mongo

Use a máquina onde o software está instalado para criar o backup do MongoDB.

  1. Identifique um local para arquivar o backup do banco de dados. Você usa esse caminho na linha de comando.
  2. Comece a abrir um prompt de comando abrindo o menu Iniciar e comece a digitar "command". Não pressione Enter.
  3. Clique com o botão direito no item do prompt de comando e selecione Run as administrator.
  4. Digite a linha de comando a seguir (incluindo aspas para caminhos de arquivo) após substituir os espaços reservados marcados por [ ]:

    "[local do diretório de instalação do Software Designer]\Services\MongoDb-3.2.0\Bin\mongodump.exe" --host localhost
    --port [número escolhido na instalação] --gzip --archive="[caminho e nome de arquivo de backup]"

    Dica: exemplo de linha de comando com configurações padrão:

    "c:\Program Files\Shure\Shure Designer\Services\MongoDb-3.2.0\Bin\mongodump.exe" --host localhost
    --port 30000 --gzip --archive="c:\Shure.bak"

  5. Pressione Enter. O arquivo é arquivado no caminho especificado no prompt.

Restauração de um Backup de Banco de Dados

  1. Na máquina onde o software está instalado, abra um prompt de comando abrindo o menu Iniciar e comece a digitar "command". Não pressione Enter.
  2. Clique com o botão direito no item do prompt de comando e selecione Run as administrator.
  3. Digite a linha de comando a seguir (incluindo aspas para caminhos de arquivo) após substituir os espaços reservados marcados por [ ]:

    "[local do diretório de instalação do Software Designer]\Services\MongoDb-3.2.0\Bin\mongorestore.exe" --host localhost
    --port [alocado dinamicamente na instalação] --drop --gzip --archive="[caminho e nome de arquivo de backup]"

    Dica: exemplo de linha de comando com configurações padrão:

    "c:\Program Files\Shure\Shure Designer\Services\MongoDb-3.2.0\Bin\mongorestore.exe" --host localhost
    --port 10000 --drop --gzip --archive="c:\Shure.bak"

  4. Pressione Enter.
  5. Recarregue a configuração do banco de dados digitando

    iisreset

    no prompt de comando.

Dispositivos Suportados e Requisitos de Firmware

Modelo Versão/Firmware
Sala IntelliMix® 1.0.x
Microfone de Arranjo de Teto MXA910 4.1.x
Microfone de Arranjo de Mesa MXA310 4.1.x
Processador de Conferência de Áudio P300 IntelliMix 4.1.x
Interface de Rede de Áudio USB ANIUSB-MATRIX 4.1.x

Importante:

  • O Designer 4.1 não é compatível com as versões de firmware anteriores as que foram listadas.
  • Os projetos exportados não são compatíveis com versões anteriores do Designer 4.1 ao Designer 3.2.

Alteração do Idioma da Interface

  1. Acesse a Minha Conta clicando na área no canto superior esquerdo próximo ao seu nome.
  2. Use o menu suspenso para selecionar seu idioma preferido.
  3. Clique em Salvar alterações.

Organização dos Seus Projetos

O software Shure Designer o ajuda a desenvolver e organizar seus projetos de instalação de áudio. Configure seus projetos de forma a refletirem melhor seu fluxo de trabalho:

Organização por projeto usando locais

Os projetos são dimensionáveis: projete uma única sala ou desenvolva diversos locais abrangendo edifícios e campi

Organização por layout usando modelos

Use modelos para criar projetos para salas semelhantes

Criação de um projeto

Para criar um projeto,

  1. clique em My projects no menu à esquerda.
  2. Clique em New > Project.
  3. Digite um nome e uma descrição para seu projeto.
  4. Clique em Create.

Criação de Locais para cada Sala ou Espaço

O Designer usa locais para que você possa criar diversos projetos dentro de cada projeto. Você pode criar um local no seu projeto para cada sala e espaço que estiver sendo projetado. Você pode arranjar e agrupar locais para corresponder à infraestrutura do projeto (edifícios e andares) ou ao seu próprio fluxo de trabalho (tipos ou modelos de salas).

Criação de um Novo Local

  1. Abra um projeto.
  2. Selecione Locations se ainda não tiver sido selecionado.
  3. Clique em New > Location.
  4. Digite o nome e uma descrição do seu local.
  5. Clique em Criar.

O Designer cria um local com esse nome na sua lista de projetos e abre uma janela de projeto para esse local.

Se você pretender criar vários locais e preferir agrupá-los em pastas, você pode criar uma pasta primeiro.

  1. Abra um projeto.
  2. Selecione Locations se ainda não tiver sido selecionado.
  3. Clique em New > Folder.
  4. Digite o nome e uma descrição da sua pasta.
  5. Clique em Criar.

O Designer cria uma pasta com esse nome e adiciona-a à sua lista de projetos.

Clique duas vezes na pasta para abri-la e siga as etapas anteriores para criar um local.

Importação e Exportação de Projetos

Exporte seu projeto do Designer para compartilhar e colaborar com outros designers do sistema, ou para salvar um backup do seu trabalho. A exportação inclui todos os locais dentro do seu projeto, incluindo todas as configurações de dispositivos virtuais, roteamento e projetos de cobertura.

Os projetos do Designer são baixados como arquivos .dprj e são compatíveis somente com o software Shure Designer.

Importação de um Projeto

  1. Clique em Meus projetos.
  2. Clique em Novo.
  3. Selecione Importar projeto e navegue até o arquivo que deseja importar.

Exportação de um Projeto

  1. Clique em Meus projetos.
  2. Quando você passa o mouse sobre um projeto,(Mais) fica disponível à direita. Clique no ícone.
  3. Selecione Exportar. O nome do arquivo é o nome do projeto no Designer.

Setting Up the Location

Adição de Dispositivos

Você adiciona dispositivos virtuais ao seu espaço de trabalho arrastando-os do menu do lado esquerdo para o seu espaço de trabalho. Você também pode adicioná-los na guia fluxo de sinal usando a mesma técnica.

Você usa o Mapa de cobertura somente para os microfones do Arranjo de Teto MXA910. O Mapa de cobertura é muito útil quando você adicionou uma imagem do local e você pode usá-la para posicionar o microfone e seus canais. Você pode arrastar um ou mais microfones para o espaço de trabalho, arrastando para a posição desejada ou digitando as coordenadas exatas em Propriedades.

Consulte Configuração da Cobertura do Microfone para MXA910 para obter mais detalhes.

Uso do Mapa de Cobertura

O Mapa de cobertura fornece ferramentas para configurar dispositivos e interagir com o espaço de trabalho no local. O Workspace representa a área total onde posicionar dispositivos e projetar a cobertura de áudio.

Para criar layouts com mais precisão, corresponda as especificações do local editando as propriedades do Workspace no editor de cobertura e no Properties panel. Para acessar o modo de edição do espaço de trabalho, você deve clicar nas dimensões acima da grade do espaço de trabalho

Com a edição ativada, você pode modificar as propriedades do seu espaço de trabalho:

Espaço de trabalho
Comprimento e Largura Defina o comprimento e a largura do seu local.
Altura do teto Defina a altura do teto do seu local. Esta configuração torna-se a altura padrão do dispositivo ao acrescentar um dispositivo, embora seja possível efetuar alteração de forma independente a qualquer momento.
Unidades Selecione a unidade de medida para seu local:
  • Pés (padrão)
  • Metros

Dica: Corresponda a unidade de medida com o dispositivo de hardware (por exemplo, polegadas para o MXA910-24IN ou metros para o MXA910-60CM).

Grade: Ponto inicial da grade (X e Y) Inicie a grade a partir de um ponto diferente no espaço de trabalho para alinhar com um objeto de referência, como uma placa de teto na imagem de fundo.

Atalhos do Teclado para o Mapa de Cobertura

Atalho Descrição
Excluir Excluir o dispositivo ou canal selecionado
Para Cima, Para Baixo, Esquerda ou Direita Mover o dispositivo ou canal selecionado
  • Ajuste da grade ligado: Para a grade mais próxima
  • Ajuste da grade desligado: Uma unidade de medida (0,1 pé ou 0,01 metro)
Shift + Girar (arraste usando o mouse) Girar o dispositivo ou imagem selecionada em incrementos de 45 graus
Roda do mouse Aumentar ou diminuir o zoom no espaço de trabalho

Adição de uma Imagem de Fundo

Adicione uma imagem de fundo ao seu local para ajudar a focar o projeto nos arranjos de assento e áreas de apresentação do participante. Imagens podem ser dimensionadas para representar as dimensões reais da sala para posicionar dispositivos e cobertura de áudio da maneira adequada.

Imagem de fundo

  1. Abra um local e clique em Mapa de cobertura.
  2. Acesse o modo de edição do espaço de trabalho clicando nas dimensões acima da grade do espaço de trabalho
  3. Selecione Add image e navegue até a imagem no seu computador.
  4. Selecione Abrir para adicionar ao seu espaço de trabalho.

Tipos de arquivo suportados:

  • .jpg
  • .jpeg
  • .png
  • .gif

Redesenhar Imagem conforme Escala

Depois de adicionar uma imagem ao Designer, você pode dimensioná-la com base em um ponto de referência no desenho. Se não souber uma medida real na sua imagem, você sempre pode dimensionar a imagem posteriormente.

  1. Adicione a imagem ao espaço de trabalho.
  2. Encontre um objeto no seu desenho que tenha um comprimento conhecido.
  3. Use o cursor para desenhar a linha de referência.

  4. Insira o comprimento real do objeto na janela do tamanho de referência e selecione Apply.

    Dimensione a imagem usando a dimensão de referência

  5. Redimensione o espaço de trabalho para se ajustar a imagem recém-dimensionada.

Você pode redesenhar conforme a escala a qualquer momento em Edit image > Draw to scale.

Posicionamento de Dispositivos Usando a Grade e Diretrizes

Use a grade no Designer para mover objetos para um ponto exato no espaço de trabalho. Quando o Ajustar à grade está selecionado, o canto de referência do dispositivo alinha-se automaticamente ao canto da grade mais próxima.

Alinhamento de dispositivos na grade

Aberto(Options) na página de cobertura para ativar ou desativar as ferramentas de posicionamento:

  • Mostrar grade auxilia no alinhamento de objetos.
  • Ajustar à grade garante que os objetos sejam precisamente alinhados no espaço de trabalho.
  • Mostrar guias exibe as coordenadas X e Y ao ponto de referência do dispositivo a partir das coordenadas 0,0 do espaço de trabalho
  • Pressionar Shift + Agarrar a alça de rotação restringe a rotação a incrementos de 45 graus.

Compensação da Grade

Alinhe a grade a um ponto de referência na sua imagem, como uma placa de teto ou batente de porta, ajustando a compensação da grade.

  1. Insira o modo de edição selecionando as dimensões acima do espaço de trabalho.

  2. Pegue a ferramenta de compensação da grade e mova-a para a linha de referência.

Mover, Girar e Redimensionar Objetos

Faça alterações nos objetos na página de cobertura do Designer.

Imagem

Entre no modo de edição clicando em Editar imagem acima do espaço de trabalho.

Para sair, selecione qualquer lugar fora da imagem.

Alteração da opacidade Ajuste a transparência da imagem de fundo para fornecer mais ou menos visibilidade com relação ao espaço de trabalho e dispositivos. Um valor de opacidade mais baixo resulta em uma imagem mais transparente, enquanto um valor mais alto resulta em uma imagem mais escura que corresponde ao arquivo original.
Redimensionamento da imagem Redimensione a imagem arrastando o canto de uma imagem ou inserindo um valor no painel de propriedades. A relação é bloqueada para que as alterações em uma dimensão afetem proporcionalmente a outra dimensão.
Movendo a imagem Altere a posição de um dispositivo com relação ao canto superior esquerdo do espaço de trabalho.
Girando a imagem Gire o dispositivo para posicioná-lo corretamente na sala. Clique e arraste a alça para girar a imagem para a posição desejada.

Dica: mantenha a tecla shift pressionada para girar em incrementos de 45 graus.

Mapa de Cobertura — Dispositivos

Adição de um dispositivo Arraste um dispositivo do painel de dispositivos para o espaço de trabalho.
Seleção de um dispositivo Clique em um dispositivo no espaço de trabalho para selecioná-lo e poder editar suas propriedades. Para sair, clique em qualquer lugar fora do dispositivo.
Remoção de um dispositivo Selecione-o e pressione Delete ou.
Posicionamento de um dispositivo Arraste ou desloque um dispositivo para uma posição desejada no espaço de trabalho. As propriedades do dispositivo exibem sua posição em relação ao ponto 0,0 do espaço de trabalho.

Dica: ative a opção Snap to grid para alinhar o ponto de referência do dispositivo à grade.

Ponto de referência do dispositivo

Este ponto é usado para medir coordenadas.

Giro de um dispositivo Clique e arraste a alça para girar o dispositivo para a posição desejada.

Dica: mantenha a tecla shift pressionada para girar em incrementos de 45 graus.

Mapa de Cobertura — Canais

Selecione o canal para editar suas propriedades. Para sair, selecione qualquer lugar fora do canal.

Adição de um canal Selecione o dispositivo e pressione Add channel
Remoção de um canal Selecione o canal e pressione Delete ou.
Posicionamento de um canal Arraste ou desloque um canal para uma posição desejada. As propriedades do canal exibem sua posição com relação ao dispositivo e ao ponto 0,0 do espaço de trabalho.
Redimensionamento de um canal O tamanho do canal é uma combinação da configuração de largura selecionável e propriedades calculadas automaticamente com base nas especificações do layout.
  • Largura do canal: estreito (35 graus), médio (45 graus) ou largo (55 graus)
  • Especificações de layout: o canal muda de forma devido a uma combinação de altura do locutor, altura do dispositivo e distância até o microfone.

Configuração da Cobertura de Áudio

Trabalho com Dispositivos Virtuais

O Designer permite que planejadores de sistemas trabalhem off-line e fora do local usando dispositivos virtuais. Os dispositivos virtuais permitem preparar a cobertura do microfone, definir as propriedades do dispositivo, ajustar as configurações do equalizador e configurar o roteamento de áudio Dante, tudo sem uma conexão com o hardware.

Após você terminar sua sala ou projeto, conclua o trabalho no local levando seu projeto aos dispositivos descobertos. Você pode usar o Designer para ajustar as propriedades nesses dispositivos em tempo real.

Configuração de dispositivos virtuais

Configuração do MXA910

Configuração do MXA310

Configuração do P300

Configuração do ANIUSB-Matrix

Configuração do aplicativo da sala IntelliMix

Posicionamento do Microfone de Arranjo de Teto

Variáveis de Espaço

O posicionamento ideal do microfone é determinado pelos arranjos de assento e pela infraestrutura. Siga estas diretrizes para obter os melhores resultados possíveis:

  • Em espaços com arranjos de móveis flexíveis ou diversos microfones de arranjo, use a ferramenta de configuração de microfone no Designer para garantir que a cobertura seja adequada para todos os cenários de assentos.
  • Os lóbulos devem apontar para a frente de cada locutor. Avalie cuidadosamente o posicionamento em espaços nos quais os locutores olhem para uma tela durante uma videoconferência.
  • Evite instalar o microfone muito perto de fontes sonoras indesejadas, como aberturas de ventilação ou projetores de vídeo barulhentos.
  • Considere instalar um tratamento acústico para aumentar a inteligibilidade da fala em espaços muito reverberantes.

Altura de Montagem para Microfone de Arranjo de Teto

A altura de montagem máxima que pode ser definida no Designer do microfone de arranjo de teto é 9,14 m (30 pés). Em um ambiente acústico 1 típico, o microfone obtém uma classificação “A” baseada no padrão internacional STIPA2 (Índice de Transmissão da Fala para Sistemas de Anúncio ao Público) a distâncias de até 16 pés entre o microfone e o locutor. Em ambientes acústicos melhores, a classificação “A” da STIPA pode ser superior a 16 pés.

Considere o seguinte ao determinar uma altura de montagem:

  • O padrão de captação do arranjo de teto é mais estreito do que o de um microfone shotgun e, portanto, pode ser posicionado mais longe da fonte do que qualquer outro microfone. Embora o Designer mostre uma zona de cobertura ideal para cada canal, lembre-se de que não há uma barreira específica na qual o áudio se deteriora ou seja desligado. Há dados de sensibilidade do lóbulo disponíveis para cada configuração de largura nas especificações do produto.
  • Como em todos os microfones, a tonalidade muda à medida que a distância da fonte aumenta.
  • A escala de inteligibilidade ajuda a prever como o microfone soará em determinada altura.
  • A área de cobertura dos lóbulos aumenta em distâncias maiores.

[1] Condições da sala: RT60 (tempo de reverberação) = 500 ms a 1 kHz, ruído ambiente ponderado em A = 40 dBSPL(A)

[2] Norma IEC-602682-16

Intelligibility Scale

A escala de inteligibilidade compara objetivamente o desempenho acústico do microfone de arranjo com um microfone gooseneck cardioide em várias distâncias. Essa informação é útil para prever como será o desempenho do microfone de arranjo em uma certa distância e para determinar uma altura de montagem ideal. Os dados na tabela da escala de inteligibilidade são derivados de medições dos microfones para atingir um valor equivalente na norma do Índice de Transmissão da Fala IEC-602682-16.

Distâncias com Valores de Índice de Transmissão da Fala Equivalentes

Microfone de Arranjo de Teto (Distância até o Locutor) Microfone Gooseneck Cardioide (Distância até o Locutor)
1,83 m (6 pés) 1,14 m (3,75 pés)
2,44 m (8 pés) 1,52 m (5 pés)
3,05 m (10 pés) 1,91 m (6,25 pés)
3,66 m (12 pés) 2,29 m (7,5 pés)

Os dados foram coletados em uma sala de reunião rápida típica com as seguintes medidas:

  • Tempo de decaimento da reverberação: 500 ms a 1 kHz
  • Piso de ruído: 40 dB SPL (ponderado em A)

Observação: esses valores são específicos para o espaço descrito. Em um ambiente acústico bem controlado, o microfone de arranjo pode ter um desempenho equivalente aos valores do Índice de Transmissão da Fala em distâncias ainda maiores. Em espaços muito reverberantes, o desempenho é menos previsível.

A = Distância entre o microfone de arranjo e o locutor

B = Distância entre o microfone cardioide e o locutor

Nesse exemplo, o desempenho acústico do microfone de arranjo montado a (A) pés do locutor corresponde ao microfone gooseneck cardioide posicionado a uma distância de (B) pés do locutor.

Configuração da Cobertura do Microfone para MXA910

Consulte estas etapas para colocar o microfone de arranjo de teto MXA910 em funcionamento. Para obter informações aprofundadas sobre as propriedades e melhores práticas do microfone, consulte o Guia do Usuário completo do Arranjo de Teto MXA910.

Definição de Propriedades do Dispositivo

Selecione o dispositivo e defina as propriedades:

  1. Insira um valor para a altura do dispositivo (a distância entre o piso e o microfone). Por padrão, a altura do dispositivo corresponde à altura do teto, embora seja possível ajustá-las independentemente.
  2. Mova e gire o dispositivo para corresponder ao seu layout.

Posicionamento da Cobertura do Microfone

  1. Adicione canais clicando em Adicionar canalacima do espaço de trabalho.
  2. Insira a altura do locutor selecionando um canal e informando o valor em Propriedades. Isso garante uma mira precisa.
  3. Mova os canais para cobrir as áreas apropriadas:
    • Os canais são selecionáveis independentemente e podem ser movidos para qualquer lugar dentro da área de cobertura máxima permitida. Se arrastados para fora desta região, os lóbulos ficam vermelhos e revertem para a última posição aceitável.
    • Posicione os canais arrastando-os ou deslocando-os até o lugar. Os valores da distância até o dispositivo e até o espaço de trabalho 0,0 são calculados no painel de propriedades.
    • Use a grade para medir o posicionamento preciso.

Ajuste da Largura do Canal

O controle de largura independente possibilita que alguns canais capturem locutores individuais (estreito), enquanto outros abrangem vários locutores (amplo).

Para alterar a largura de um canal:

  1. Selecione o canal
  2. Escolha uma configuração de largura no menu suspenso. A largura é calculada e exibida, com base no local do lóbulo e nas alturas inseridas para o dispositivo e locutor.

Configurações de Largura:

  • Estreito (35°)
  • Médio (45°)
  • Largo (55°)

Larguras de canal para as três configurações com o microfone 6 pés acima de uma mesa

Uso do Posicionamento Automático

Você pode usar o Posicionamento automático para posicionar corretamente o lóbulo de um canal selecionado:

  1. Selecione um canal.
  2. Clique em Posicionamento automático.
  3. Verifique se você tem o canal correto selecionado e a altura do locutor especificada.
  4. Clique em Escutar. O Designerescuta e determina a posição e a largura corretas do canal.
  5. Uma caixa de diálogo de confirmação é exibida quando o Designer determina a posição e a largura corretas.

Posicionamento do Microfone de Arranjo de Mesa

Cada microfone tem 4 canais que podem ser direcionados de forma independente, com base no arranjo dos assentos. Cada canal tem padrões polares independentes e definições de canais adicionais, acessíveis por meio do Designer.

O Designer proporciona maior flexibilidade de posicionamento em relação aos microfones de conferência tradicionais:

  • Áreas de captação configuráveis podem ser giradas e modificadas de acordo com o número de locutores.
  • A conectividade de rede, a identificação de dispositivo e as predefinições permitem mover, adicionar e remover os microfones com facilidade.
  • Canais independentes e a mixagem automática tornam o roteamento de sinal Dante™ simples e flexível.
  • As predefinições personalizadas podem ser salvas para restaurar imediatamente diferentes configurações de sala.

Cenários de assentos

Cada canal pode capturar um ou vários locutores. Em salas com arranjos de móveis flexíveis, microfones pode ser movidos para cobrir vários arranjos de assento, desde que eles estejam conectados à mesma rede.

Observação: As configurações são salvas em cada microfone e são mantidas quando este é conectado a uma porta de rede diferente. As predefinições podem ser recuperadas e implementadas por meio do Designer ou usando um sistema de controle externo.

Aplicações para Microfone Único (Múltiplos Canais)

Com quatro canais independentes e padrões polares, a cobertura pode ser personalizada para corresponder ao formato e tamanho da mesa e à disposição dos assentos. O recurso de mixagem automática ajuda a reduzir ruídos estranhos (como o de alguém digitando ou mexendo em papéis) que interferem na inteligibilidade da fala nas extremidades distantes.

Aplicações de Padrão Toroidal

O padrão toroidal rejeita sons vindos diretamente abaixo do microfone para reduzir o ruído de projetores de vídeo ou outras fontes de som indesejadas. É a maneira mais simples de garantir a igualdade de cobertura entre todos os locutores, mantendo os benefícios da rejeição fornecidos por um padrão polar direcional. Quando este padrão é utilizado, o áudio é enviado por meio de um único canal. Portanto, quando a mixagem automática é desejada, configure o microfone para usar vários padrões direcionais em vez do padrão toroidal.

O ruído de um projetor montado no teto é rejeitado, enquanto todos os locutores possuem cobertura.

Para uma mesa com um único microfone e mais de quatro locutores, o padrão toroidal assegura que todas as vozes sejam ouvidas igualmente.

Cobertura com vários microfones

Para mesas grandes, uma série de microfones captura todos os locutores. Coloque os microfones no centro da mesa para uma captura equilibrada e mira precisa. Para obter a melhor qualidade e clareza de áudio, use microfones suficientes para que cada orador tenha seu próprio canal.

Uma mesa com dez pessoas é coberta por quatro microfones, com um canal independente para cada pessoa.

Para uma mesa grande com dois microfones, coloque os microfones para cobrir áreas de igual tamanho. Use a configuração Toroidal ou Omnidirecional para cobrir toda a tabela.

Fluxo de Sinal

Você pode criar rotas Dante para os dispositivos Shure suportados clicando e arrastando para fazer conexões entre os dispositivos.

  • Você pode arrastar os dispositivos para organizá-los no espaço de trabalho. Os nomes dos dispositivos Shure identificam os dispositivos.
  • Passar o mouse sobre a entrada ou saída em um dispositivo exibe o nome Dante, o canal Dante, e identifica-o como uma entrada ou saída.
  • Clique no canal de entrada ou saída de um dispositivo e, em seguida, clique no canal do outro dispositivo para criar a rota.

Depois que o Designer cria a rota, passar o mouse sobre qualquer ponto final identifica o dispositivo Dante e as conexões de canal.

Observação: por padrão, o Designer envia as rotas quando você envia as configurações dos dispositivos virtuais aos dispositivos descobertos, mas você pode recusar a criação e o envio das rotas se estiver usando um DSP de terceiros, por exemplo.

Como Determinar o Status da Rota

A página de fluxo de sinal usa ícones para identificar rotas Dante válidas e inválidas:

  • — Indica que você criou com êxito uma rota virtual.
  • — Indica que você criou com êxito uma rota válida entre os dispositivos descobertos e está no modo Ao Vivo.
  • — Indica que esta é uma rota inválida. Os possíveis problemas que criaram a rota inválida e suas resoluções são descritos na tabela a seguir:
Possível problema Resolução
O receptor não consegue localizar o transmissor atribuído.

ou

O transmissor não consegue localizar o receptor atribuído.

Se apenas estiver off-line, o dispositivo on-line localizará o dispositivo off-line quando ele ficar on-line novamente.
O receptor pode localizar o transmissor atribuído, mas existe uma incompatibilidade de codificação, pois um dos pontos finais não tem criptografia habilitada, mas o outro tem. Crie uma nova chave de criptografia ou desative a criptografia dos dois dispositivos.
O receptor pode localizar o transmissor atribuído, mas existe uma incompatibilidade de codificação, pois os pontos finais têm chaves de criptografia diferentes. Crie uma nova chave de criptografia ou desative a criptografia dos dois dispositivos.
O receptor pode localizar o transmissor atribuído, mas há uma incompatibilidade de codificação ou outro problema que está evitando a operação correta na rota. Crie uma nova chave de criptografia ou desative a criptografia dos dois dispositivos.

Envio de Projetos para Dispositivos Descobertos

Depois de criar seu local e projetar sua cobertura de áudio, você pode sair do modo Projeto e trabalhar no modo Ao vivo para enviar as configurações para os dispositivos descobertos.

  1. De dentro do seu local, clique em Visão Geral para acessar o botão Modo ao vivo.
  2. Clique em Modo ao vivo para conseguir enviar seu projeto aos dispositivos descobertos.

    O botão Modo ao vivo é um botão de alternância que liga e desliga o Modo ao vivo. O botão fica verde e tem uma faixa verde na parte superior que identifica que você está no Modo ao vivo.

    À esquerda, você verá todos os dispositivos descobertos em sua rede que ainda não foram adicionados a outro local. O Designer descobre automaticamente os dispositivos Shure suportados na mesma sub-rede e você pode adicionar dispositivos entre sub-redes navegando para Dispositivos on-line, onde você pode adicioná-los por endereço IP.

    Se você tiver muitos dispositivos, você pode classificar por nome do dispositivo, endereço IP ou modelo do dispositivo. Você deve inicialmente passar o mouse sobre um dispositivo descoberto e clicar para identificá-lo, a fim de garantir que você esteja trabalhando com o dispositivo correto.

  3. Associe seus dispositivos descobertos com seus dispositivos virtuais arrastando o dispositivo descoberto para o virtual.

    Associar um dispositivo descoberto com um dispositivo virtual, na realidade, não envia as configurações virtuais para os dispositivos descobertos até que você clique em Sincronização e Enviar p/ dispositivos.

    Você desassocia um dispositivo clicando em X.

  4. Quando todas as suas associações tiverem sido feitas, clique em Sincronização para sincronizar os dispositivos descobertos com seus dispositivos virtuais.

    Você pode enviar suas configurações virtuais para os dispositivos descobertos ou extrair as configurações dos dispositivos descobertos para substituir as configurações em seu projeto.

    Observação: Você pode recusar criar ou enviar as rotas para os dispositivos descobertos se estiver usando um DSP de terceiros, por exemplo.

No modo ao vivo, você faz alterações diretamente nos seus dispositivos descobertos, além de poder ajustá-las com o Designer.

Observação: lembre-se que algumas mudanças feitas podem fazer o áudio falhar momentaneamente.

Sincronizar, enviar e extrair

Quando você Sincronização e Enviar p/ dispositivos, o Designer substitui tudo nos seus dispositivos descobertos, com exceção de:

  • configurações de rede
  • configurações de senha e criptografia
  • Nome do dispositivo Dante e nome do canal
  • Roteamento Dante quando desmarcado na caixa de diálogo Enviar

Quando você Sincronização e Extrair ao projeto, o Designer substitui os dispositivos no seu projeto com as configurações de dispositivo descoberto. Além disso, a extração pode incluir algumas configurações de dispositivo de referência que você não pode alterar e que não seria inclusas em um envio, por exemplo, endereço MAC.

Quando o processo de envio ou extração for concluído, seus dispositivos descobertos estão sincronizados com seus dispositivos virtuais

Saving Predefinições

When your devices are configured and set for a given location, you might want to save a specific design as a preset on all the devices. Predefinições are useful, for example, for a multipurpose or combinable room where the room can have different configurations. You can have multiple preset designs ready to load when the room configuration changes.

To save settings as Predefinições:

  1. Click (Predefinições) in the upper right corner to open the Device presets pane. This shows you the presets for all devices in the location.
  2. Select a preset slot.
  3. Enter a name for the preset.
  4. Click Salvar.

To load presets on the devices:

  1. Click (Predefinições) in the upper right corner to open the Device presets pane. This shows you the presets for all devices in the location.
  2. Select the preset that you want to load.
  3. Click Carregar.

Notes:

  • Routing information is not saved in presets.
  • If you are in Live mode, this activity may cause the audio to momentarily drop out.
  • Any changes made after loading presets results in an unsaved state. Save any new settings to a new preset slot or overwrite the old one with your new settings.
  • Designer evaluates the current location's state based on the device preset slot names. If multiple devices in the same location do not share the same preset slot name, Designer determines that the location state is "Mixed". To resolve the mixed state, you must change the preset slot names on the devices separately so that they match.

Log de Eventos

Para exibir o log de eventos, clique em Log de eventos no menu principal.

O log de eventos fornece uma descrição detalhada das atividade dentro do Designer. O log coleta entradas de atividade e atribui carimbos data/hora a elas, armazenando-as pelo período de tempo que você especificar em Configurações, que vai de 30 a 360 dias. O recurso Exportar cria um documento CSV (valores separados por vírgulas) para salvar e classificar os dados de log.

Para exportar o log de eventos para um dispositivo específico, navegue até esse dispositivo no modo Ao Vivo e Clique em(Configurações) > General > Export log. Esse recurso cria um documento CSV (valores separados por vírgula) dos dados do log.

Consulte o arquivo de log para ver os detalhes ao solucionar problemas ou consulte o Suporte a Sistemas Shure.

Nível de Gravidade
Informações Uma ação ou evento foi concluído com sucesso.
Aviso Uma ação não pode ser concluída, mas o funcionamento geral é estável.
Erro Ocorreu um problema que pode inibir a funcionalidade.
Detalhes do Log
Evento Indica o tipo de evento.
Descrição Fornece detalhes sobre eventos e erros, incluindo endereço IP e local quando aplicável.
Data Data e hora do evento.

Dica: selecione um título de categoria para classificar o log.