Visão Geral

Descrição Geral

O arranjo de mesa Microflex®Advance™ é um microfone de mesa em rede premium para ambientes de conferência AV, incluindo salas de diretoria, salas de reunião rápida e espaços multiuso. A tecnologia revolucionária da série de DSPs Shure inclui a Steerable Coverage™, com padrões polares selecionáveis em 4 canais independentes para captar o áudio dos participantes. O novo e inovador padrão polar toroidal oferece cobertura de 360°, ao mesmo tempo que rejeita sons diretamente acima do microfone. Controle o microfone com o software Shure Designer ou um aplicativo da web baseado em navegador. O microfone se integra perfeitamente com o áudio digital na rede Dante™ e os controladores predefinidos de terceiros, como Crestron e AMX, para proporcionar uma experiência de conferência AV de alta qualidade que agrade aos integradores, consultores e participantes da reunião.

Recursos

Cobertura Configurável

  • A Steerable Coverage oferece uma captação precisa para até 4 lóbulos independentes
  • A Série de DSPs Shure permite uma rápida mixagem automática e equalização de canais
  • O inovador padrão polar toroidal oferece cobertura de 360°, ao mesmo tempo que rejeita sons diretamente acima do microfone para reduzir os ruídos causados por sistemas de HVAC ou projetores de vídeo.

Controle de Software

  • O software Shure Designer proporciona um controle abrangente de microfone e padrão
  • Com o Designer, você também pode projetar a cobertura com dispositivos on-line e off-line, e rotear o áudio entre dispositivos Shure
  • Se o Designer não estiver disponível, use o aplicativo da web baseado em navegador para controlar o microfone

Conectividade de Rede

  • Quatro canais de áudio distintos e um canal adicional de mixagem automática são transmitidos por um único cabo de rede
  • O áudio digital Dante™ coexiste com segurança na mesma rede que a TI e os dados de controle ou pode ser configurado para usar uma rede dedicada
  • Cadeias de controle disponíveis para controladores predefinidos de terceiros, incluindo Crestron e AMX

Design Profissional

  • O design industrial discreto e elegante combina com salas de diretoria e espaços de reunião contemporâneos
  • Um anel de luz LED multicolorido se ajusta ao ambiente, exibe configuração de mudo e confirma configurações de cobertura
  • Disponível em acabamentos branco, preto e alumínio

Visão Geral do Sistema

① Áudio Dante, alimentação e controle

Um único cabo de rede fornece 4 canais de áudio discretos de cada microfone na rede Dante, de onde podem ser roteados para qualquer dispositivo compatível com Dante.

② Áudio analógico (microfone à rede)

O equipamento analógico, como um sistema de microfone sem fio ou um microfone gooseneck em um púlpito, conecta-se à rede de áudio Dante™ por meio de uma Interface de Rede Shure (modelo ANI4IN) para um sistema de conferência completamente ligado em rede.

③ Áudio de extremidade distante (rede para alto-falantes)

Os alto-falantes e amplificadores habilitados para Dante™ se conectam diretamente a um switch de rede. Os alto-falantes e amplificadores analógicos se conectam por meio de uma Interface de Rede Shure (modelo ANI4OUT), que converte os canais de áudio Dante™ em sinais analógicos, fornecidos por meio de 4 saídas discretas XLR ou de conector de bloco.

④ Controle do dispositivo e áudio Dante

O computador que operar o Dante Controller e o Shure Designer fornece os seguintes controles:

Controle:

Um computador conectado à rede controla o microfone com o software Shure Designer. Você pode remotamente controlar a cobertura, o mudo, o comportamento do LED, o ganho e as configurações da rede.

Áudio:

Roteie o áudio com o software Dante™ Controller ou Shure Designer. A Placa de Som Virtual Dante™ permite monitoração e gravação de áudio diretamente no computador.

Requisitos de Planejamento de Sistema e Dispositivo

Configuração da Rede de Áudio

Os sistemas de conferência ligados em rede Shure são compostos de microfones Microflex Advance e interfaces de rede, que operam inteiramente em uma rede Dante. O hardware adicional, incluindo switches de rede, computadores, alto-falantes e processadores de áudio são descritos no índice de componentes de hardware.

Componentes Shure mostrados neste diagrama:

Microfones Microflex Advance

O MXA910 e o MXA310 são equipados com saídas Dante e se conectam diretamente a um switch de rede.

Interfaces de Rede de Áudio

As interfaces são usadas para conectar os dispositivos analógicos, como alto-falantes e microfones analógicos à rede.

ANI4IN: converte 4 sinais analógicos (modelos de conector de bloco e XLR separados disponíveis) em sinais de áudio digital Dante.

ANI4OUT: converte 4 canais de áudio Dante da rede em sinais analógicos.

Este diagrama mostra todo o caminho do sinal por meio de um sistema de conferência ligado em rede. Os sinais da extremidade próxima e da extremidade distante são trocados por meio de um processador de áudio conectado a um sistema de telefone, ou por meio de um computador conectado à internet. Os microfones analógicos se conectam à rede com o ANI4IN Shure, enquanto os alto-falantes se conectam com o ANI4OUT Shure.

Este diagrama mostra os componentes Microflex Advance em contexto, com duas salas se comunicando por meio de codecs de vídeo.

Controle de Hardware e Áudio na Rede

As configurações de áudio e hardware são gerenciadas por um computador conectado à mesma rede.

Hardware e Áudio Shure

Cada componente Microflex Advance tem um aplicativo da web que fornece ferramentas de mixagem e configuração para otimizar a qualidade sonora.

Controle Expandido para Dispositivos Analógicos

Os dispositivos analógicos que são conectados à rede por meio de uma interface de rede Shure (ANI4IN/ANI4OUT) se beneficiam de um controle remoto adicional: os níveis de volume, a equalização e o roteamento de sinal são gerenciados por meio do aplicativo da web. Por exemplo, ajustar o volume do alto-falante ou emudecer um microfone com fio, o que normalmente seria feito a partir do hardware, agora pode ser controlado remotamente na rede.

Roteamento de Sinal Dante

Você pode gerenciar o roteamento de sinal com software Dante Controller ou Shure Designer.

Índice de Componentes de Hardware

Switch de Rede

O switch de rede fornece conectividade central a todos os componentes da rede. O áudio de qualquer microfone Shure da rede que estiver conectado ao switch pode ser roteado a qualquer dispositivo habilitado para Dante. O switch envia e recebe áudio e dados de controle, enquanto simultaneamente alimenta os microfones e as interfaces de rede de áudio através do recurso PoE (Power over Ethernet). Consulte os requisitos do switch de rede para obter detalhes adicionais.

Requisitos de PoE (Power over Ethernet):

Todos os componentes da Shure incluídos nesses cenários precisam do recurso Power over Ethernet (classe 0). Caso não seja fornecido pelo switch de rede, um injetor de PoE é necessário para ligar os dispositivos.

Interface de Rede de Áudio Sem Fio Microflex da Shure (MXWANI)

Uma Interface de Rede de Áudio Sem Fio Microflex (MXWANI) é uma caixa de teste digital para analógico com um switch de rede gigabit integrado. Ela converte áudio digital da rede em sinais analógicos para o processamento ou amplificação de sinal e fornece o recurso PoE por uma porta de rede para alimentar um dispositivo. Para obter detalhes, consulte o guia do usuário da Série Sem Fio Microflex, disponível em http://www.shure.com.

Processador de Áudio

O processador de áudio envia e recebe áudio por meio de um servidor VOIP ou de uma linha telefônica padrão. Ele também proporciona o processamento de sinal digital, como o cancelamento de eco acústico.

Habilitado para Dante Os processadores habilitados para Dante conectam-se diretamente ao switch de rede para receber áudio de microfones Microflex Advance.
Analógico Ao utilizar um processador analógico, um conversor (como o ANI4OUT ou MXWANI Shure) é necessário para fornecer o áudio analógico dos microfones Microflex Advance ao processador.
Codec de Vídeo

Assim como o processador de áudio, o codec envia a recebe sinais de áudio juntamente com sinais de vídeo entre a extremidade próxima e a extremidade distante. O áudio da extremidade próxima deve se conectar à entrada de áudio no codec de vídeo, que normalmente é uma conexão analógica estéreo. A Interface de Rede de Áudio ANI4OUT Shure converte o áudio em um sinal analógico para conexão a um codec.

Interface de Rede de Áudio ANI4IN Shure (Conversor Analógico em Dante)

A Interface de Rede de Áudio ANI4IN Shure converte 4 canais de áudio digital em canais de áudio digital independentes em uma rede Dante. O ganho ajustável e a alimentação fantasma de +48 V proporciona a flexibilidade para suportar dispositivos de nível de linha, auxiliar e microfone. Para sistemas de conferência ligados em rede, a Interface de Rede de Áudio possibilita uma forma simples de conectar o equipamento analógico instalado anteriormente na Rede de Áudio, como microfones sem fio para apresentadores. O aplicativo da web permite aos técnicos e administradores o controle sobre níveis e configurações de canal a partir de qualquer computador conectado à mesma rede.

Interface de Rede de Áudio ANI4OUT Shure (Conversor Dante em Analógico)

A Interface de Rede de Áudio ANI4OUT Shure converte 4 canais de áudio digital Dante em sinais analógicos discretos. Disponíveis nas versões XLR e de conector de bloco, cada caixa usa um único cabo de rede para receber áudio e alimentar o dispositivo através do recurso PoE (Power over Ethernet). O aplicativo da web permite aos técnicos e administradores o controle sobre níveis e configurações de canal a partir de qualquer computador conectado à mesma rede.

Amplificadores e Alto-falantes

O áudio da extremidade distante é roteado para os alto-falantes locais. Os alto-falantes ou amplificadores habilitados para Dante conectam-se diretamente ao switch de rede, enquanto os sistemas analógicos precisam de uma Interface de Rede de Áudio para receber o áudio da rede.

Computadores e Sistemas de Controle
Aplicativo da Web Baseado em Navegador Um computador conectado à rede permite o controle dos componentes em rede da Shure por meio do aplicativo da web de cada dispositivo.
Software Dante O computador que operar a Placa de Som Virtual Dante, o Controlador Dante e o software de webconferência é usado para enviar e receber áudio entre a extremidade próxima e a extremidade distante.
Sistemas de Controle (AMX, Crestron etc.) Se você estiver usando um sistema de controle de terceiros, os microfones Microflex Advance enviam e recebem comandos por Ethernet. Se um sinal lógico analógico precisa ser enviado pela rede, a Interface de Rede de Áudio ANI4IN Shure recebe sinais lógicos analógicos e os converte em cadeias de controle Ethernet.

System Use Cases

Esses casos de uso irão ajudá-lo a entender como os dispositivos Shure são instalados em salas de conferências, salas de reuniões e espaços multiusos.

Cada diagrama inclui:

  • Fluxo de sinal e conexões
  • Dispositivos necessários

Requisitos de Power over Ethernet e Hardware

Todos os dispositivos Shure incluídos nesses casos de uso precisam do recurso PoE (Power over Ethernet), classe 0. Consulte a seção Dante e Rede para obter informações adicionais sobre requisitos de cabo e de switch de rede.

Teleconferência com Interface de Rede de Áudio MXW Shure

① Microfone de arranjo ao MXWANI Shure

Conecte a saída do microfone na porta 1 do MXWANI com um cabo de rede. A porta 1 fornece o recurso PoE (Power over Ethernet) necessário.

② Computador ao MWXANI Shure

Conecte um computador ao ANI na porta 2 ou 3 com um cabo de rede para controlar o microfone de arranjo e outros componentes da rede.

③ Saídas analógicas ANI Shure ao processador de áudio

Etapa 1: Rotear sinais com o software Dante Controller

Roteie os canais do microfone (transmissor Dante) aos canais MXWANI (receptor Dante). Isso estabelece os canais discretos que fornecerão pelas saídas analógicas.

Etapa 2: Conectar as saídas MXWANI às entradas do dispositivo de processamento

As saídas do conector de bloco no MXWANI enviam sinais de áudio balanceado às entradas no dispositivo de processamento, o que permite o processamento do sinal digital (como o cancelamento do eco acústico).

④ Conexão à extremidade distante

Conecte o processador de áudio em um servidor VOIP ou linha de telefone para enviar e receber o áudio entre a extremidade próxima e a extremidade distante.

⑤ Áudio da extremidade distante ao amplificador

Roteie o áudio da extremidade distante pela saída do processador de áudio para um amplificador.

⑥ Sinal de áudio amplificado aos alto-falantes

Conecte os alto-falantes no amplificador para ouvir o áudio da extremidade distante.

Teleconferência com Processador de Áudio habilitado para Dante

① Microfone de arranjo ao switch de rede

Conecte a saída do microfone com um cabo de rede em qualquer porta no switch que forneça o recurso PoE (Power over Ethernet).

② Computador ao switch de rede

Conecte um computador ao switch de rede para controlar o microfone e outros componentes da rede.

③ Switch de rede ao processador de áudio Dante

Conecte o processador de áudio Dante ao switch de rede para permitir:

  • O processamento de sinal digital (cancelamento do eco acústico)
  • A conversão digital em analógico para fornecer áudio Dante por uma saída analógica (VOIP ou linha telefônica).
  • A conversão analógico em digital para fornecer áudio digital da extremidade distante na rede Dante.

④ Conexão à extremidade distante

Conecte a saída do processador de áudio em um servidor VOIP ou linha de telefone para fornecer o áudio entre a extremidade próxima e a extremidade distante.

⑤ Áudio da extremidade distante ao amplificador

Roteie o áudio da extremidade distante pela saída do processador de áudio para um amplificador.

⑥ Sinal de áudio amplificado aos alto-falantes

Conecte os alto-falantes no amplificador para fornecer o áudio da extremidade distante.

Teleconferência com Caixas de Testes e Processador de Áudio

Nesse cenário, dois microfones MXA310 são utilizados para um total de 8 canais de áudio Dante. Utilizando duas interfaces de rede, os canais Dante são convertidos em sinais analógicos para o cancelamento do eco acústico.

① Microfone ao switch de rede

Conecte a saída do microfone de arranjo com um cabo de rede em qualquer porta no switch que forneça o recurso PoE (Power over Ethernet).

② Computador ao switch de rede

Conecte um computador ao switch de rede para controlar o microfone e outros componentes da rede com o painel de controle do software.

③ ANI4OUT (conversão digital em analógico)

Do switch de rede: Use cabos de rede para conectar cada ANI4OUT no switch de rede. Um único ANI4OUT recebe 4 canais de áudio Dante e os converte em 4 sinais analógicos, fornecidos por meio de saídas XLR ou conectores de bloco. Ao usar dois deles, todos os 8 canais dos microfones podem ser conectados a saídas analógicas em um dispositivo de processamento de áudio.

Para um dispositivo de processamento: Roteie as saídas do ANI4OUT às saídas do dispositivo de processamento para permitir o processamento de sinal digital (cancelamento do eco acústico).

④ Conexão à extremidade distante

Conecte a saída do processador de áudio em um servidor VOIP ou linha de telefone para fornecer o áudio entre a extremidade próxima e a extremidade distante.

⑤ Áudio da extremidade distante ao amplificador

Roteie o áudio da extremidade distante pela saída do processador de áudio para um amplificador.

⑥ Sinal de áudio amplificado aos alto-falantes

Conecte os alto-falantes no amplificador para fornecer o áudio da extremidade distante

Software de Webconferência com Placa de Som Virtual Dante

① Microfone ao switch de rede

Conecte a saída do microfone com um cabo de rede em qualquer porta no switch que forneça o recurso PoE (Power over Ethernet).

② Computador ao switch de rede

Conecte um computador ao switch de rede para controlar o microfone e outros componentes da rede com o painel de controle do software. O computador também opera a Placa de Som Virtual Dante, o Dante Controller e o software de webconferência.

  • Placa de Som VirtualDante/Dante Controller: ligue a Placa de Som Virtual Dante e use o Dante Controller para rotear o sinal do microfone para o computador.
  • Software de Webconferência:atribua as configurações da entrada de áudio e do dispositivo de saída aos canais do transmissor e do receptor Dante apropriados.

③ Switch de rede ao ANI4OUT

Use cabos de rede para conectar cada ANI4OUT no switch de rede. Cada interface recebe 4 canais de áudio Dante e os converte em 4 sinais analógicos, fornecidos por meio de saídas XLR ou conectores de bloco.

④ Áudio da extremidade distante ao amplificador

Roteie o áudio da extremidade distante para o amplificador.

⑤ Sinal de áudio amplificado aos alto-falantes

Conecte os alto-falantes no amplificador para fornecer o áudio da extremidade distante.

Videoconferência

① Microfone ao switch de rede

Conecte a saída do microfone com um cabo de rede em qualquer porta no switch que forneça o recurso PoE (Power over Ethernet).

② Computador ao switch de rede

Conecte um computador ao switch de rede para controlar o microfone e outros componentes da rede com o painel de controle do software.

③ ANI4OUT (conversão digital em analógico)

Cada ANI4OUT recebe 4 canais de áudio Dante e os converte em 4 sinais analógicos, fornecidos por meio de saídas XLR ou conectores de bloco.

Input: Conecte o ANI4OUT a um switch de rede com um cabo de rede

Saída: Conecte a saída analógica à entrada de áudio no codec de vídeo

④ Conexão do codec de vídeo à extremidade distante

Conecte o codec à rede adequada para conectar com a extremidade distante.

⑤ Áudio da extremidade distante ao amplificador

Roteie o áudio da extremidade distante pela saída de áudio do codec de vídeo para um amplificador.

⑥ Sinal de áudio amplificado aos alto-falantes

Conecte os alto-falantes no amplificador para fornecer o áudio da extremidade distante.

Hardware e Instalação

Hardware

① Saída de Cabo

Passe o cabo por debaixo das abas e pelo roteamento até a saída lateral.

② Saída de Cabo Inferior

Passe o cabo por debaixo das abas e pela saída inferior para instalações de mesa permanentes.

Observação: Use o acessório de tampão de cabo quando o cabo for roteado pela parte inferior.

③ Porta de Rede

Conector RJ-45 para conexão de rede.

④ LED de Status da Rede (Verde)

Apagado = sem conexão com a rede

Aceso = conexão com a rede estabelecida

Piscando = conexão com a rede ativa

⑤ LED de Velocidade da Rede (Âmbar)

Apagado = 10/100 Mbps

Aceso = 1 Gbps

⑥ Botão Reset

Use um clipe de papel ou ferramenta semelhante para pressionar o botão redefinir.

⑦ Botões Mudo

Quatro botões sensíveis ao toque controlam o status mudo de cada canal.

⑧ Anel de luz LED

Indica status mudo, com cores e estados de comportamento configuráveis.

Anel de luz LED

Você pode ajustar as configurações do anel de luz LED usando o software Shure Designer ou o aplicativo da web do dispositivo.

No Designer, vá para Settings > Lights.

No aplicativo da web, vá para Configuration > Light Ring.

Configurações Padrão

Status do Microfone Comportamento/Cor do LED
Ativo Verde (sólido)
Mudo Vermelho (sólido)
Identificação de hardware Verde (piscando)

Identificação do dispositivo: Todo o anel de luz

Identificação do canal: Segmento do anel de luz

Atualização do firmware em andamento Verde (o anel é preenchido, apaga, repete)
Reiniciar

Redefinição de rede: Vermelho (gira em torno do anel)

Redefinição de fábrica: Azul (gira em torno do anel)

Erro Vermelho (dividido, piscando alternadamente)
Alimentação do dispositivo Azul (gira em torno do anel)

Instalação do Tampão de Saída de Cabo

O tampão cobre a saída do cabo para instalações permanentes nas quais o cabo seja roteado por baixo da mesa.

  1. Remova o parafuso que prende a aba de retenção do cabo mais próxima à saída do cabo
  2. Remova a aba de retenção do cabo
  3. Insira o tampão
  4. Recoloque o parafuso para prender o tampão

Instalação de Mesa Permanente

  1. Remova os 3 parafusos localizados no centro da parte inferior do microfone

  2. Conecte um cabo de rede ao microfone e passe-o pelo caminho de saída central. Quando o cabo estiver preso, passe-o pelo tubo.

    Observação: Se necessário, remova as abas de retenção para instalar um cabo mais grosso. Recoloque-as após instalar o cabo.

  3. Alinhe o tubo na área rebaixada no centro do microfone. Instale os 3 parafusos (removidos na etapa 1) para prender o tubo.

  4. Deslize uma das arruelas de borracha até a base do tubo.

  5. Faça um furo de 2,5 cm (1 pol.) na mesa.

  6. Guie o cabo pelo furo na mesa. Em seguida, passe o tubo pelo furo na mesa e pressione o microfone suavemente para baixo.

  7. Prenda a arruela e a porca-borboleta restantes por debaixo da mesa. Em seguida, aperte a porca-borboleta para prender o microfone na mesa.

    Opcional: use o furo na porca-borboleta para inserir uma braçadeira de cabo para organização dos cabos.

Power Over Ethernet (PoE)

Este dispositivo exige PoE para funcionar. Ele é compatível com fontes de PoE Classe 0 e Classe 2.

A alimentação por meio de Ethernet é fornecida de uma das formas a seguir:

  • Um switch de rede que fornece PoE
  • Um dispositivo injetor de PoE

Posicionamento do Microfone

Cada microfone tem 4 canais que podem ser direcionados de forma independente, com base no arranjo dos assentos. Cada canal tem padrões polares independentes e configurações de canais adicionais. Você pode controlar essas configurações do software Shure Designer ou no aplicativo da web do dispositivo.

O software Designer proporciona maior flexibilidade de posicionamento em relação aos microfones de conferência tradicionais:

  • Áreas de captação configuráveis podem ser giradas e modificadas de acordo com o número de locutores.
  • A conectividade de rede, a identificação de dispositivo e as predefinições permitem mover, adicionar e remover os microfones com facilidade.
  • Canais independentes e a mixagem automática tornam o roteamento de sinal Dante simples e flexível.
  • As predefinições personalizadas podem ser salvas para restaurar imediatamente diferentes configurações de sala.

Cenários de assentos

Cada canal pode capturar um ou vários locutores. Em salas com arranjos de móveis flexíveis, microfones pode ser movidos para cobrir vários arranjos de assento, desde que eles estejam conectados à mesma rede.

Observações: as configurações são salvas em cada microfone e são mantidas quando este é conectado a uma porta de rede diferente. As predefinições podem ser recuperadas e implementadas por meio do software Designer, do aplicativo da web ou usando um sistema de controle externo.

Aplicações para Microfone Único (Múltiplos Canais)

Com quatro canais independentes e padrões polares, a cobertura pode ser personalizada para corresponder ao formato e tamanho da mesa e à disposição dos assentos. O recurso de mixagem automática ajuda a reduzir ruídos estranhos (como o de alguém digitando ou mexendo em papéis) que interferem na inteligibilidade da fala nas extremidades distantes.

Aplicações de Padrão Toroidal

O padrão toroidal rejeita sons vindos diretamente abaixo do microfone para reduzir o ruído de projetores de vídeo ou outras fontes de som indesejadas. É a maneira mais simples de garantir a igualdade de cobertura entre todos os locutores, mantendo os benefícios da rejeição fornecidos por um padrão polar direcional. Quando este padrão é utilizado, o áudio é enviado por meio de um único canal. Portanto, quando a mixagem automática é desejada, configure o microfone para usar vários padrões direcionais em vez do padrão toroidal.

O ruído de um projetor montado no teto é rejeitado, enquanto todos os locutores possuem cobertura.

Para uma mesa com um único microfone e mais de quatro locutores, o padrão toroidal assegura que todas as vozes sejam ouvidas igualmente.

Cobertura com vários microfones

Para mesas grandes, uma série de microfones captura todos os locutores. Coloque os microfones no centro da mesa para uma captura equilibrada e mira precisa. Para obter a melhor qualidade e clareza de áudio, use microfones suficientes para que cada orador tenha seu próprio canal.

Uma mesa com dez pessoas é coberta por quatro microfones, com um canal independente para cada pessoa.

Para uma mesa grande com dois microfones, coloque os microfones para cobrir áreas de igual tamanho. Use a configuração Toroidal ou Omnidirecional para cobrir toda a tabela.

Instalação, Gerenciamento e Segurança do Software

Controle de Dispositivos com o Software Shure Designer

Você pode controlar esse dispositivo usando o software Shure Designer. O Designer permite que integradores e planejadores de sistemas projetem a cobertura de áudio para instalações usando microfones MXA e outros componentes de rede Shure.

Com o Designer, você pode:

  • Projetar a cobertura de áudio, on-line ou off-line
  • Controlar as configurações e cobertura do dispositivo Shure
  • Rotear o áudio entre os dispositivos Shure
  • Enviar as configurações para muitos dispositivos de uma vez
  • Criar e reutilizar modelos em diversos locais e projetos
  • Importar plantas baixas

Para acessar seu dispositivo no Designer:

  1. Faça o download e instale o Designer em um computador conectado à mesma rede que seu dispositivo.
  2. Abra o Designer e verifique se você está conectado à rede correta em Configurações.
  3. Clique em Dispositivos on-line. Uma lista de dispositivos on-line aparece.
  4. Para identificar os dispositivos, clique no ícone do produto para piscar as luzes em um dispositivo. Selecione seu dispositivo na lista e clique em Configurar para abrir a janela de configuração do dispositivo.

Saiba mais e faça o download em www.shure.com/designer.

Acessando o Aplicativo da Web

O aplicativo Shure Web Server Discovery localiza todos os dispositivos Shure da rede que possuem um recurso de GUI baseada na web. Siga estas etapas para instalar o software e acessar o aplicativo da web:

① Instale o aplicativo Shure Discovery

Faça download e instale o aplicativo Shure Discovery acessando www.shure.com. Isso instala automaticamente a ferramenta de descoberta de dispositivos Bonjour necessária no computador.

② Conecte a rede

Verifique se o computador e o hardware estão na mesma rede.

③ Inicie o aplicativo Discovery

O aplicativo exibe todos os dispositivos Shure com uma GUI.

④ Identifique o hardware

Clique duas vezes em um dispositivo para abrir a GUI em um navegador da web.

⑤ Marque o aplicativo da web como favorito (recomendado)

Marque o nome DNS do dispositivo como favorito para acessar a GUI sem o aplicativo Shure Discovery.

Compatibilidade do Navegador do Aplicativo da Web

O aplicativo da web é compatível com todos os navegadores com suporte para HTML5. Para garantir o melhor desempenho, recomenda-se desativar a aceleração do hardware e plug-ins não utilizados.

Acesso ao Aplicativo da Web sem o Aplicativo Discovery

Se o aplicativo Discovery não estiver instalado, o aplicativo da web pode ser acessado digitando o nome do DNS em um navegador da Internet. O nome DNS é baseado no modelo da unidade, combinado com os últimos três bytes (seis dígitos) do endereço MAC e terminando com .local.

Exemplo de Formato: Se o endereço MAC de uma unidade for 00:0E:DD:AA:BB:CC, então o link é escrito conforme indicado a seguir:

MXA310: http://MXA310-aabbcc.local

Uso de uma senha

Por padrão, todas as configurações podem ser ajustadas. Para proteger as configurações com uma senha, abra o menu Configurações e selecione a guia Geral. Nesta tela, as senhas podem ser criadas ou alteradas.

Quando uma senha é definida, uma opção Somente Leitura é exibida na tela de login. No modo Somente Leitura, os parâmetros do dispositivo podem ser visualizados, mas não editados. A identificação do dispositivo continua ativa.

Atualizações de Firmware

O firmware é um software integrado em cada componente que controla funcionalidades. Periodicamente, novas versões de firmware são desenvolvidas para incorporar recursos adicionais e melhorias. Para se beneficiar das melhorias no projeto, novas versões de firmware podem ser carregadas e instaladas utilizando a ferramenta Shure Update Utility. O software está disponível para download em http://www.shure.com.

Importante: quando os componentes são conectados por meio da Interface de Rede de Áudio Shure MXW, o firmware deve ser atualizado em um dispositivo de cada vez antes de atualizar o firmware da Interface de Rede de Áudio MXW. Tentar atualizar todos os dispositivos de uma vez só fará com que a interface reinicialize após a atualização do firmware, e a conexão com outros componentes de rede será perdida.

Execute as etapas a seguir para atualizar o firmware:

CUIDADO! verifique se o dispositivo possui uma conexão de rede estável durante a atualização. Não desligue o dispositivo até a conclusão da atualização.

  1. Conecte o dispositivo e o computador à mesma rede (configure na mesma sub-rede).
  2. Baixe o aplicativo Shure Update Utility e instale-o.
  3. Abra o aplicativo.
  4. Clique no botão Check For Updates... para exibir as novas versões de firmware disponíveis para download.
  5. Selecione o firmware desejado e pressione Download para fazer o download dele na Biblioteca de Firmware.
  6. Na guia Update Devices, selecione o novo firmware e pressione Send Updates... para iniciar a atualização do firmware, que substitui o firmware existente no dispositivo.

Observação: após a atualização, talvez seja necessário apagar o cache do seu navegador para exibir as atualizações do aplicativo da web do dispositivo.

Requisitos da Versão do Firmware

Todos os dispositivos incluem uma rede com diversos protocolos de comunicação que funcionam em conjunto para assegurar a operação apropriada. A melhor prática recomendada é que todos os dispositivos estejam em uma versão idêntica. Para exibir a versão do firmware de cada dispositivo na rede, abra a interface de usuário do componente e acesse Settings > >About.

O formato do firmware de dispositivos Shure é PRINCIPAL.SECUNDÁRIO.PATCH. (Ex.: 1.6.2 em que 1 é o nível Principal do firmware, 6 o nível Secundário do firmware e 2 o nível de Patch do firmware). No mínimo, dispositivos que operam na mesma sub-rede devem ter números de versão PRINCIPAL e SECUNDÁRIO idênticos.

  • Dispositivos de diferentes versões PRINCIPAIS não são compatíveis.
  • Diferenças no nível de versão de firmware PATCH podem introduzir inconsistências indesejadas.

Configuração do Microfone

Visão Geral do Software de Controle

A interface de usuário do microfone de perfil baixo fornece controle profundo e flexível do microfone para proporcionar resultados excepcionais para praticamente qualquer ambiente. As seguintes opções de controle são facilmente acessadas por meio de um navegador da web em um computador desktop ou dispositivo móvel:

  • Níveis, monitoração e status de mudo de canais
  • Seleção de padrão polar
  • Direcionamento das áreas de captação
  • Configurações de segurança e de rede
  • Configurações de mixagem automática
  • Configurações de luz
  • Configuração do switch de controle externo

Configuração do Microfone

O microfone possui várias configurações para se adaptar a qualquer espaço de reuniões, com base nessas variáveis:

  • Tamanho e formato da mesa
  • Número de participantes da reunião
  • Arranjo dos assentos dos participantes

Seleção de padrões de captura

  1. Selecione Configuração > Cobertura
  2. Selecione um canal para exibir as Propriedades do Canal
  3. Use o menu suspenso Padrão Polar para fazer uma seleção
Padrão de Captação Característica direcional Quando usar

Omnidirecional

Capta o som com igual sensibilidade a partir de todas as direções Os participantes estão propensos a se movimentar ou quando fontes de som adicionais estão localizadas longe do microfone. O padrão omnidirecional tem um melhor desempenho em um ambiente calmo e controlado. Observação: Canais omnidirecionais não são enviados para o canal de mix. auto.

Toroidal

Capta o som a partir das bordas do microfone, enquanto rejeita sons diretamente acima dele. As salas têm um nível de ruído ambiente maior ou quando o ruído vindo de cima é uma preocupação (um projetor de vídeo, por exemplo).

Bidirecional

Captura de som a partir de dois lados opostos do microfone, em um padrão de figura 8 Dois locutores estão de frente um para o outro, sentados em lados opostos de uma mesa. O padrão bidirecional proporciona uma rejeição fora do eixo melhor do que a configuração para dois locutores, mas não permite ajuste de ganho independente para cada locutor.

Um, Dois, Três ou Quatro Locutores

Cada área de captação possui um controle de padrão polar independente. Selecione cada configuração de padrão polar com base no número de locutores em cada área de captação e o tamanho ou formato da mesa. Os padrões disponíveis incluem:
  • Cardioide
  • Supercardioide
  • Toroidal
  • Omnidirecional
  • Bidirecional
  • Hipercardioide
Rejeição máxima de ruído e separação de canais são preferíveis, e quando a configuração de assentos não deve mudar. Esta configuração é ideal para a utilização com a mixagem automática.

Direcionar Áreas de Captação

Todos os padrões de captação (exceto omnidirecional e toroidal) podem ser apontados diretamente na direção de locutores individuais para fornecer o sinal mais claro possível com o mínimo de ruído ambiente. No menu Configuração, aponte os lóbulos de captação, selecionando e arrastando o canal. O ângulo também pode ser ajustado em incrementos de 15° a partir do menu de propriedades do canal no lado direito do espaço de trabalho.

Adição ou Remoção de um Canal

Para adicionar ou remover um canal, vá para Configuração.

  • Selecione Adicionar Canal para adicionar outro canal.
  • Selecione Remover Canal ou pressione a tecla Delete em seu teclado para remover um canal.

A remoção de um canal também exclui qualquer configuração de EQ ou ganho aplicado ao canal.

Predefinições Personalizadas

Use as predefinições para salvar rapidamente e recuperar as configurações. Até 10 predefinições podem ser armazenadas em cada dispositivo para coincidir com vários arranjos de assentos. Uma predefinição salva todas as configurações do dispositivo, exceto Nome do Dispositivo, IP Settings e Passwords. Importar e exportar predefinições para novas instalações economiza tempo e melhora o fluxo de trabalho. Quando uma predefinição for selecionada, o nome será exibido acima do menu de predefinição. Se forem feitas modificações, um asterisco aparecerá próximo ao nome.

Observação: Use a predefinição de configurações padrão para reverter à configuração de fábrica (exclui o Nome do Dispositivo, o Endereço IP e as Senhas).

Abra o menu de predefinições para revelar as opções de predefinição:

salvar como predefinição: Salva as configurações no dispositivo
carregar predefinição: Abre uma configuração do dispositivo
importar de arquivo: Faz download de um arquivo de predefinição de um computador para o dispositivo. Os arquivos podem ser selecionados no navegador ou arrastados para a janela de importação.
exportar para arquivo: Salva um arquivo de predefinição do dispositivo em um computador

Modelos

Use um modelo como ponto de partida ao configurar a cobertura. Os modelos só ajustam a cobertura e não afetam os níveis de ganho ou outras configurações.

  1. Selecione o modelo mais próximo do cenário de assento.
  2. Selecione OK.
  3. Selecione Adicionar Canal ou Remover Canal para ajustar a cobertura.

Níveis de Ajuste

Os níveis de ganho em microfones MicroflexAdvance devem ser ajustados para cada predefinição de cobertura salva, para garantir estrutura de ganho otimizada para todos os cenários de assentos. Sempre ajuste os níveis antes de fazer alterações nas configurações de mixagem automática para garantir o melhor desempenho.

Cada um dos 4 canais de microfone 4 possui controle de ganho independente. Esse recurso é útil quando os participantes da reunião estão sentados a distâncias diferentes em relação ao microfone.

Quando o microfone está centralizado em uma mesa retangular, utilize o ganho de canal para equilibrar os níveis e compensar as distâncias diferentes.

  1. Faça uma verificação do nível de cada área de cobertura usando um volume de fala normal. Ajuste os botões de volume para que os medidores atinjam o máximo em aproximadamente –20 dBFS.
  2. Ajuste as configurações do equalizador para otimizar a inteligibilidade da fala e diminuir os ruídos (como sons de baixa frequência causados por sistemas de aquecimento, ar-condicionado etc.).
  3. Se as configurações do equalizador provocarem um aumento ou redução significativa nos níveis, faça os ajustes necessários de acordo com a etapa 1.

Quando Utilizar o Volume de Ganho do Canal e o Volume de Ganho de Mixagem Automática

Existem dois botões de volume de ganho diferentes com finalidades distintas:

Ganho do Canal (Pré-Porta)

Para ajustar, vá para Canais. Esses botões de volume afetam o ganho de um canal antes de ele chegar ao mixer automático e, portanto, afetam a decisão de comutação do mixer automático. Reforçar o ganho aqui tornará o lóbulo mais sensível a fontes sonoras e mais suscetível a ocupar a porta. Diminuir o ganho aqui tornará o lóbulo menos sensível e menos suscetível a ocupar a porta. Se você estiver usando somente saídas diretas para todos os canais sem o mixer automático, você precisará utilizar somente esses botões de volume.

Ganho de Mix. Auto (Pós-Porta)

Para ajustar, vá para Configuração > Mix. auto. Esses botões de volume ajustam o ganho do canal após o lóbulo ter ocupado a porta. Este ajuste do ganho não afeta a decisão de comutação. Utilize esses botões de volume somente para ajustar o ganho de um locutor depois que se sentir satisfeito com o comportamento da comutação do mixer automático.

Observação: Os medidores de nível em Configuração > Mix. auto exibem somente o ganho do canal de pré-porta, mas os botões de volume ajustam o ganho do canal de pós-porta.

Grupos de Volume e Mudo

Adicione canais a um Grupo mudo ou a um Grupo de Volume para ligar os controles correspondentes ao mesmo tempo. Por exemplo, se os canais 1, 2 e 3 são adicionados a um Grupo mudo, ativar o mudo em qualquer um desses canais individuais deixará mudos todos os canais agrupados.

Se você estiver usando o software Shure Designer para configurar seu sistema, verifique a seção de ajuda do Designer para obter mais informações sobre esse tópico.

Identificação de Canais

Identifique um canal no microfone piscando o LED correspondente. Isso verifica rapidamente que os ajustes de nível ou do equalizador estão sendo feitos para o canal desejado.

  1. Selecione Configuração > Cobertura
  2. Selecione um canal
  3. Use o botão Identificar Canal para piscar os LEDs no microfone

Identificação de Dispositivo

Para identificar o microfone piscando o anel de luz, selecione o botão Identificar na seção de opções do dispositivo.

Anel de luz LED

As propriedades do anel de luz são configuráveis para coincidir com as convenções e estéticas de comportamento da sala ou empresa.

Brilho Ajusta o nível de intensidade do anel de luz LED
Estilo de Iluminação

Os segmentos são divididos para mostrar os canais individuais.

O Anel é um LED contínuo

Exibir comutação de mixagem automática Indica que um canal está desligado (o sinal de áudio desceu abaixo do limite de porta). Quando ativado, o estilo de iluminação muda automaticamente para o modo de segmento.

Apagado: O anel de luz LED desliga-se quando uma porta do canal é desligada

Cor de mudo seguinte:o anel de luz LED muda para cor de mudo atribuída quando uma porta de canal é desligada

Comportamento de Mudo Desativado A atividade do LED quando o microfone está ativo
Cor de mudo desativado A cor do LED quando o microfone está ativo
Comportamento de Mudo A atividade do LED quando o microfone está mudo
Cor de mudo A cor do LED quando o microfone está mudo

Equalizador Paramétrico (PEQ)

Maximize a qualidade de áudio, ajustando a resposta de frequência com o equalizador paramétrico.

Aplicações comuns do equalizador:

  • Melhorar a inteligibilidade da fala
  • Reduzir ruído de sistemas HVAC ou de projetores de vídeo
  • Reduzir irregularidades da sala
  • Ajustar a resposta de frequência para sistemas de reforço

Para desligar todos os filtros de equalização, selecione Ignorar todos EQs.

Se você estiver usando o software Shure Designer para configurar seu sistema, verifique a seção de ajuda do Designer para obter mais informações sobre esse tópico.

Definir parâmetros de filtro

Ajustar as definições de filtro por meio da manipulação dos ícones no gráfico de resposta de frequência ou introduzindo valores numéricos. Desativar um filtro usando a caixa de seleção ao lado do filtro.

Tipo de Filtro

Apenas a primeira e última banda têm tipos de filtro selecionáveis.

Paramétrico: atenua ou aumenta o sinal dentro de uma faixa de frequência personalizável

Filtro de graves: atenua o sinal de áudio abaixo da frequência selecionada

Limite Baixo: atenua ou aumenta o sinal de áudio abaixo da frequência selecionada

Passa Baixa: atenua o sinal de áudio acima da frequência selecionada

Limite Alto: atenua ou aumenta o sinal de áudio acima da frequência selecionada

Frequência

Selecione a frequência central do filtro para cortar/reforçar

Ganho

Ajusta o nível de um filtro específico (+/– 30 dB)

Q

Ajusta a faixa de frequências afetadas pelo filtro. Conforme este valor aumenta, a largura de banda se torna mais fina.

Largura

Ajusta a faixa de frequências afetadas pelo filtro. O valor é representado em oitavas.

Observação: os parâmetros Q e de largura afetam a curva de equalização da mesma forma. A única diferença é a forma como os valores são representados.

Copiar, Colar, Importar e Exportar Configurações de Canal do Equalizador

Esses recursos tornam simples usar as configurações eficazes do equalizador em uma instalação anterior, ou simplesmente acelerar o tempo de configuração.

Copiar e Colar

Use para aplicar rapidamente a mesma configuração PEQ em múltiplos canais.

  1. Selecione o canal no menu suspenso na tela PEQ.
  2. Selecione Copiar
  3. No menu suspenso, selecione o canal para aplicar a configuração PEQ e selecione Colar.

Importar e Exportar

Use para salvar e carregar as configurações PEQ a partir de um arquivo no computador. Isto é útil para criar uma biblioteca de arquivos de configuração reutilizáveis em computadores usados para instalação de sistemas.

Exportar

Escolha um canal para salvar a configuração PEQ, e selecione Exportar para arquivo.

Importar

Escolha um canal para carregar a configuração PEQ, e selecione Importar de arquivo.

Quando usar o Equalizador de Canal e o Equalizador de Mixagem Automática

Aplique o EQ de Mixagem Automática para realizar mudanças em todo o sistema, tais como reforço de agudos para melhorar a clareza da fala. Use o EQ de Canal para fazer ajustes em um canal específico. Por exemplo, para reduzir ruídos indesejados captados por um único canal.

Aplicações do Equalizador

A acústica de salas de conferência varia de acordo com o tamanho, formato e materiais de construção das salas. Siga as orientações da tabela a seguir.

Aplicação do EQ Configurações recomendadas
Reforce o agudo para melhorar inteligibilidade da fala Adicione um filtro de limite alto para reforçar frequências superiores a 1 kHz por 3–6 dB
Redução de ruído HVAC Adicione um filtro de graves para atenuar as frequências abaixo de 200 Hz
Reduza ecos flutuantes e sibilância Identifique a faixa de frequência específica que "excita" a sala:
  1. Defina um valor Q estreito.
  2. Aumente o ganho entre +10 e +15 dB e, em seguida, experimente com frequências entre 1 kHz e 6 kHz para identificar a gama de ecos flutuantes ou sibilância.
  3. Reduza o ganho na frequência identificada (início entre –3 e –6 dB) para minimizar o som indesejado da sala.
Reduza o som oco e ressoante na sala Identifique a faixa de frequência específica que "excita" a sala:
  1. Defina um valor Q estreito.
  2. Aumente o ganho entre +10 e +15 dB e, em seguida, experimente com frequências entre 300 Hz e 900 Hz para identificar a frequência de ressonância.
  3. Reduza o ganho na frequência identificada (início entre –3 e –6 dB) para minimizar o som indesejado da sala.

Canal de mixagem automática

Este canal mixa automaticamente o áudio de todos os canais para entregar uma única e conveniente saída. O canal de mixagem automática deve ser roteado no controlador Dante até a saída desejada.

Observação: A mixagem automática é desativada ao usar o padrão polar toroidal. Inversamente, o padrão toroidal não pode ser selecionado quando a mixagem automática está ativada.

Para habilitar a mixagem automática e modificar as configurações:

  1. Selecione Configuração
  2. Abra a guia MIX. AUTO
  3. Marque a caixa Ativar

Para modificar as configurações de tela de canais:

  1. Selecione Canais
  2. No canal de MIX. AUTO, selecione o botão de MIX. AUTO

Configurações de mixagem automática

Deixar Último Microfone Ligado Mantém ativo o canal do microfone usado mais recentemente. O propósito desse recurso é manter o som ambiente natural no sinal, de modo que os participantes da reunião na extremidade distante saibam que o sinal de áudio não foi interrompido.
Sensibilidade de Comutação Altera o limiar do nível em que a porta é aberta
Atenuação Desligada Define o nível de redução de sinal quando um canal não está ativo
Tempo de Retenção Define a duração para que o canal permaneça aberto após o nível cair abaixo do limite de porta
Máximo de Canais Abertos Define o número máximo de canais ativos simultaneamente
Prioridade Quando selecionada, esta porta de canal é ativada, independentemente do número máximo de canais abertos.
Medidor de Ganho da Mixagem Automática Quando ativado, altera os medidores de ganho para exibir a comutação da mixagem automática em tempo real. Os canais que forem abertos exibirão mais ganho que os canais que foram fechados (atenuados) na mixagem.

Modos de Mixagem Automática

Clássico

O modo Clássico emula o mixer automático Shure SCM820 (em suas configurações padrão). Ele é conhecido pela comutação de canal perfeita e rápida e pelos níveis constantes de som ambiente captado. Neste modo, a atenuação fora do eixo é fixada em –12 dB por canal, independentemente do número de canais abertos.

Suave

No modo suave, as configurações de atenuação fora do eixo para cada canal são escaladas de acordo com o número de canais abertos. A estrutura de ganho escalada ajuda a reduzir os ruídos quando há um número de canais alto. Quando menos canais são usados, a menor atenuação fora do eixo fornece uma comutação transparente.

Número de canais ativados Atenuação fora do eixo (dB)
2 –3,0
3 –4,8
4 –6

Personalizado

O modo personalizado fornece controle sobre todos os parâmetros de mixagem automática. Este modo é útil quando devem ser feitos ajustes em um dos modos predefinidos para se adequar a uma aplicação particular. Se os parâmetros forem alterados no modo suave ou clássico, o modo personalizado é ativado automaticamente.

Manual

O modo manual somas todas as faixas ativas e envia o sinal somado em uma única saída Dante. Isso fornece a opção de rotear o sinal de reforço ou de gravação, sem habilitar a mixagem automática. As configurações dos volumes no modo de exibição de monitoração padrão aplicam-se à saída somada.

Reiniciar

O Botão Redefinir está localizado dentro de um pequeno furo na parte inferior do microfone. Use um clipe de papel ou outra ferramenta pequena para pressionar o botão.

Há 2 funções de redefinição:

Reinicialização da rede (pressione o botão por 4–8 segundos)

Restaura todas as configurações IP de rede do áudio e de controle da Shure aos padrões de fábrica.

Reinicialização completa aos padrões de fábrica (pressione o botão por mais de 8 segundos)

Restaura todas as configurações de rede e do aplicativo da web para os padrões de fábrica.

Opções de Redefinição de Software

Para simplesmente reverter as configurações sem reiniciar completamente o hardware, use uma das opções a seguir:

Reinicialização do dispositivo (Settings > Factory Reset): liga e desliga o dispositivo como se ele estivesse desconectado da rede. Todas as configurações são mantidas quando o dispositivo é reinicializado.

Configurações Padrão (Presets > Load Preset > Default Settings): reverte as configurações de áudio para a configuração de fábrica (excluindo o Nome do Dispositivo, as Configurações IP e as Senhas).

Se você estiver usando o software Shure Designer para configurar seu sistema, verifique a seção de ajuda do Designer para obter mais informações sobre esse tópico.

Filtro de sons graves

O filtro de sons graves atenua frequências baixas para reduzir o ruído indesejado a partir de fontes como vibrações da mesa, sistemas de HVAC e outros ruídos do ambiente.

Para ativar, abra o aplicativo da web e selecione o botão de corte baixo do filtro na seção de opções do dispositivo.

Botões Mudo

O microfone tem 4 botões mudo sensíveis ao toque em torno da borda do microfone. Pressionar qualquer botão ativa o mudo do dispositivo inteiro. Você pode emudecer canais individualmente usando o software Shure Designer ou o aplicativo da web. Se o Anel de Luz estiver definido para exibir Segmentos, os mudos de canais individuais ficam visíveis no dispositivo. Se ele estiver definido como Anel, o Anel de Luz exibe apenas o status de mudo do dispositivo.

Para ajustar as propriedades do botão no Designer, vá para Settings > Logic control.

Para ajustar as propriedades do botão no aplicativo da web, vá para Configuration > Button Control.

Função de Controle de Mudo

  • Local: ativa/desativa o mudo do microfone
  • Saída de lógica: envia uma cadeia de comando para um sistema de controle emudecer o áudio mais adiante no caminho do sinal
  • Desativado: o botão está inativo

Modo de Controle do Mudo

  • Ativar/desativar: pressione o botão para alternar entre os estados mudo e ativo
  • Pressione para falar: mantenha o botão pressionado para ativar o microfone ao falar
  • Pressione para mudo: mantenha o botão pressionado para emudecer o microfone

Estado padrão de ativação

Determina se o microfone entra no estado mudo ou ativo quando ligado

Criptografia

O áudio é criptografado usando o Advanced Encryption Standard (AES-256) conforme especificado pela publicação FIPS-197 do NIST (National Institute of Standards and Technology) do Governo dos EUA. Os dispositivos Shure que suportam criptografia exigem uma frase de acesso para fazer a conexão. A criptografia não é suportada com dispositivos de terceiros.

Para ativar a criptografia:

  1. Abra o menu Configurações e selecione a guia Geral.
  2. Selecione Enable Encryption.
  3. Insira uma frase de acesso. Todos os dispositivos devem usar a mesma frase de acesso para estabelecer uma conexão criptografada.

Importante: Para que a criptografia funcione, todos os dispositivos Shure na sua rede devem usar criptografia.

Se você estiver usando o software Shure Designer para configurar seu sistema, verifique a seção de ajuda do Designer para obter mais informações sobre esse tópico.

Usar um Sistema de Controle de Terceiros

O microfone pode enviar um sinal de controle de lógica externa para todos os dispositivos em rede que recebem sinais lógicos por meio de uma conexão Ethernet. Isso permite que a chave do silenciador de áudio do microfone silencie um sinal de áudio DSP, em vez de (ou além de) silenciar o microfone na fonte. O microfone também recebe comandos lógicos através da rede. Muitos parâmetros controlados por meio do aplicativo da web podem ser controlados por meio de um sistema de controle de terceiros, utilizando a cadeia de comando apropriada.

Aplicações comuns:

  • Mudo
  • Cor e comportamento do LED
  • Predefinições de carregamento
  • Níveis de ajuste

Uma lista completa das sequências de comando está disponível na ajuda do dispositivo ou em www.shure.com.

Para enviar um sinal de lógica quando o botão mudo é pressionado:

  1. No aplicativo da web, selecione Configuração > Controle de Botões.
  2. No menu Propriedades do Botão, altere a configuração Função de Controle de Mudo para Saída de lógica.

Cadeias de Comando do MXA310 MicroflexAdvance

O dispositivo é conectado via Ethernet a um sistema de controle, como AMX, Crestron ou Extron.

Conexão: Ethernet (TCP/IP; selecione “Client” no programa AMX/Crestron)

Porta: 2202

Convenções

O dispositivo tem 4 tipos de cadeias:

GET Encontra o status de um parâmetro. Depois que o AMX/Crestron envia um comando GET, o MXA310 responde com uma cadeia REPORT
SET Altera o status de um parâmetro. Depois que o AMX/Crestron envia um comando SET, o MXA310 responde com uma cadeia REPORT para indicar o novo valor do parâmetro.
REP Quando o MXA310 recebe um comando GET ou SET, responde com um comando REPORT para indicar o status do parâmetro. REPORT também é enviado pelo MXA310 quando um parâmetro é alterado no MXA310 ou utilizando a GUI.
SAMPLE Usado para medir os níveis de áudio.

Todas as mensagens enviadas e recebidas são caracteres ASCII. Observe que os indicadores de nível e de ganho também são em caracteres ASCII

A maioria dos parâmetros envia um comando REPORT quando sofre alteração. Assim, não é necessário consultar constantemente os parâmetros. O MXA310 enviará um comando REPORT quando qualquer um desses parâmetros sofrer alteração.

O caractere

“x”

em todas as cadeias a seguir representa o canal do MXA310 e pode estar em números ASCII de 0 a 5, como na tabela a seguir.

0 Todos os canais
1 a 4 Canais individuais
5 Saída de mix. auto

Cadeias de Comando (Comuns)

Obter Todos
Cadeia de Comando:

< GET x ALL >

Em que x é um número ASCII do canal: de 0 a 5. Use este comando na primeira inicialização para atualizar o status de todos os parâmetros.
Resposta do MXA310:

< REP ... >

O MXA310 responde com cadeias REPORT individuais para todos os parâmetros.
Obter Número do Modelo
Cadeia de Comando:

< GET MODEL >

Resposta do MXA310:

< REP MODEL {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} >

Em que yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy são os 32 caracteres do número do modelo. O MXA310 sempre responde com um número de modelo de 32 caracteres.
Obter Número de Série
Cadeia de Comando:

< GET SERIAL_NUM >

Resposta do MXA310:

< REP SERIAL_NUM {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} >

Em que yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy são os 32 caracteres do número de série. O MXA310 sempre responde com um número de série de 32 caracteres.
Obter Versão do Firmware
Cadeia de Comando:

< GET FW_VER >

Resposta do MXA310:

< REP FW_VER {yyyyyyyyyyyyyyyyyy} >

Em que yyyyyyyyyyyyyyyyyy tem 18 caracteres. O MXA310 sempre responde com 18 caracteres.
Obter Endereço IP de Áudio
Cadeia de Comando:

< GET IP_ADDR_NET_AUDIO_PRIMARY >

Resposta do MXA310:

< REP IP_ADDR_NET_AUDIO_PRIMARY {yyyyyyyyyyyyyyy} >

Em que yyyyyyyyyyyyyyy é um endereço IP de 15 dígitos.
Obter Endereço de Sub-rede de Áudio
Cadeia de Comando:

< GET IP_SUBNET_NET_AUDIO_PRIMARY >

Resposta do MXA310:

< REP IP_SUBNET_NET_AUDIO_PRIMARY {yyyyyyyyyyyyyyy} >

Em que yyyyyyyyyyyyyyy é um endereço de sub-rede de 15 dígitos.
Obter Endereço de Gateway de Áudio
Cadeia de Comando:

< GET IP_GATEWAY_NET_AUDIO_PRIMARY >

Resposta do MXA310:

< REP IP_GATEWAY_NET_AUDIO_PRIMARY {yyyyyyyyyyyyyyy} >

Em que yyyyyyyyyyyyyyy é um endereço de gateway de 15 dígitos.
Obter Nome do Canal
Cadeia de Comando:

< GET x CHAN_NAME >

Em que x é um número ASCII do canal: de 0 a 5.
Resposta do MXA310:

< REP x CHAN_NAME {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} >

Em que yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy são os 31 caracteres do nome do canal. O MXA310 sempre responde com um nome de 31 caracteres.
Obter ID do Dispositivo
Cadeia de Comando:

< GET DEVICE_ID >

O comando da ID do Dispositivo não contém o caractere do canal x bem como para todo o dispositivo.
Resposta do MXA310:

< REP DEVICE_ID {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} >

Em que yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy são os 31 caracteres da ID do dispositivo. O microfone sempre responde com uma ID do dispositivo de 31 caracteres.
Obter Ganho do Áudio
Cadeia de Comando:

< GET x AUDIO_GAIN_HI_RES >

Em que x é um número ASCII do canal: de 1 a 5. O número de canal 0 (todos os canais) não é válido para este comando.
Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_GAIN_HI_RES yyyy >

Em que yyyy pode ter valores ASCII de 0000 a 1.400. yyyy é em incrementos de um décimo de um dB.
Definir Ganho do Áudio
Cadeia de Comando:

< SET x AUDIO_GAIN_HI_RES yyyy >

Em que yyyy pode ter valores ASCII de 0000 a 1.400. yyyy é em incrementos de um décimo de um dB.
Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_GAIN_HI_RES yyyy >

Em que yyyy pode ter valores ASCII de 0000 a 1.400.
Aumentar Ganho do Áudio em n dB
Cadeia de Comando:

< SET x AUDIO_GAIN_HI_RES INC nn >

Em que nn é a quantidade, em um décimo de dB, em que o ganho será aumentado. nn pode ser um único dígito ( n ), dois dígitos ( nn ) ou três dígitos ( nnn ).
Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_GAIN_HI_RES yyyy >

Em que yyyy pode ter valores ASCII de 0000 a 1.400.
Diminuir Ganho do Áudio em n dB
Cadeia de Comando:

< SET x AUDIO_GAIN_HI_RES DEC nn >

Em que nn é a quantidade, em um décimo de dB, em que o ganho será diminuído. nn pode ser um único dígito ( n ), dois dígitos ( nn ) ou três dígitos ( nnn ).
Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_GAIN_HI_RES yyyy >

Em que yyyy pode ter valores ASCII de 0000 a 1.400.
Obter Ganho de Áudio de Pós-porta (firmware > v3.0)
Cadeia de Comando:

< GET x AUDIO_GAIN_POSTGATE >

Em que x é um número ASCII do canal: de 1 a 4. O número de canal 0 (todos os canais) não é válido para este comando.
Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_GAIN_POSTGATE yyyy >

Em que yyyy pode ter valores ASCII de 0000 a 1.400. yyyy é em incrementos de um décimo de um dB.
Definir Ganho de Áudio de Pós-porta (firmware > v3.0)
Cadeia de Comando:

< SET x AUDIO_GAIN_POSTGATE yyyy >

Em que x é um número ASCII do canal: de 1 a 4. Em que yyyy pode ter valores ASCII de 0000 a 1.400. yyyy é em incrementos de um décimo de um dB.
Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_GAIN_POSTGATE yyyy >

Em que yyyy pode ter valores ASCII de 0000 a 1.400.
Obter Emudecimento de Áudio do Canal
Cadeia de Comando:

< GET x AUDIO_MUTE >

Em que x é um número ASCII do canal: de 0 a 5. Consulte a tabela na página 1. O Emudecimento de Áudio do Canal é anterior ao medidor.
Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_MUTE ON >

< REP x AUDIO_MUTE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Emudecer Áudio do Canal
Cadeia de Comando:

< SET x AUDIO_MUTE ON >

Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_MUTE ON >

Desativar Mudo do Áudio do Canal
Cadeia de Comando:

< SET x AUDIO_MUTE OFF >

Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_MUTE OFF >

Alternar Emudecimento de Áudio do Canal
Cadeia de Comando:

< SET x AUDIO_MUTE TOGGLE >

Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_MUTE ON >

< REP x AUDIO_MUTE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Obter Emudecimento de Áudio do Dispositivo
Cadeia de Comando:

< GET DEVICE_AUDIO_MUTE >

Emudecimento de Áudio do Dispositivo é equivalente ao botão físico mudo no microfone. O Emudecimento de Áudio do Dispositivo é após o medidor.
Resposta do MXA310:

< REP DEVICE_AUDIO_MUTE ON >

< REP DEVICE_AUDIO_MUTE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Emudecer Áudio do Dispositivo
Cadeia de Comando:

< SET DEVICE_AUDIO_MUTE ON >

Resposta do MXA310:

< REP DEVICE_AUDIO_MUTE ON >

Desativar Mudo do Áudio do Dispositivo
Cadeia de Comando:

< SET DEVICE_AUDIO_MUTE OFF >

Resposta do MXA310:

< REP DEVICE_AUDIO_MUTE OFF >

Alternar Emudecimento do Áudio do Dispositivo
Cadeia de Comando:

< SET DEVICE_AUDIO_MUTE TOGGLE >

Resposta do MXA310:

< REP DEVICE_AUDIO_MUTE ON >

< REP DEVICE_AUDIO_MUTE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Obter Status de Corte da Saída
Cadeia de Comando:

< GET x AUDIO_OUT_CLIP_INDICATOR >

Em que x é um número ASCII do canal: de 1 a 5. Consulte a tabela na página 1. Não é necessário enviar este comando continuamente. O microfone enviará uma mensagem REPORT sempre que o status for alterado.
Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_OUT_CLIP_INDICATOR ON >

< REP x AUDIO_OUT_CLIP_INDICATOR OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Piscar Luzes no Microfone
Cadeia de Comando:

< SET FLASH ON >

< SET FLASH OFF >

Envie um destes comandos para o MXA310. A luz para de piscar automaticamente após 30 segundos.
Resposta do MXA310:

< REP FLASH ON >

< REP FLASH OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Ligar a Medição
Cadeia de Comando:

< SET METER_RATE sssss >

Em que sssss é a velocidade de medição em milissegundos. Configurar sssss=0 desliga a medição. A configuração mínima é de 100 milissegundos. A medição está desligada por padrão.
Resposta do MXA310:

< REP METER_RATE sssss >

< SAMPLE aaa bbb ccc ddd eee >

Em que aaa, bbb etc. é o valor do nível de áudio recebido, entre 000 e 060.

aaa= saída 1

bbb= saída 2

ccc= saída 3

ddd= saída 4

eee= saída 5

Parar Medição
Cadeia de Comando:

< SET METER_RATE 0 >

O valor 00000 também é aceito.
Resposta do MXA310:

< REP METER_RATE 00000 >

Obter Taxa de Medição do Ganho do Mixer Automático (firmware > v3.0)
Cadeia de Comando:

< GET METER_RATE_MXR_GAIN >

Resposta do MXA310:

< REP METER_RATE_MXR_GAIN sssss >

< SAMPLE aaa bbb ccc ddd >

Em que sssss é a taxa de medição em milissegundos. Configurar sssss= 0 desliga a medição.
Definir Taxa de Medição do Ganho do Mixer Automático (firmware > v3.0)
Cadeia de Comando:

< SET METER_RATE_MXR_GAIN sssss >

Em que sssssé um valor de 0 a 99999 em milissegundos.
  • 0 = desligado
  • 100 = valor mínimo
  • 99999 = valor máximo
Resposta do MXA310:

< SAMPLE aaa bbb ccc ddd >

Em que aaa, bbb etc. é o valor do nível de áudio recebido, entre 000 e 060.

aaa= saída 1

bbb= saída 2

ccc= saída 3

ddd= saída 4

Obter Nível de Pico do Áudio
Cadeia de Comando:

< GET x AUDIO_IN_PEAK_LVL >

Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_IN_PEAK_LVL nnn >

Em que nnn é o nível de áudio entre 000 e 060.
Obter Nível de RMS do Áudio
Cadeia de Comando:

< GET x AUDIO_IN_RMS_LVL >

Resposta do MXA310:

< REP x AUDIO_IN_RMS_LVL nnn >

Em que nnn é o nível de áudio entre 000 e 060.
Obter Predefinição
Cadeia de Comando:

< GET PRESET >

Resposta do MXA310:

< REP PRESET nn >

Em que nn é o número da predefinição, de 01–10.
Definir Predefinição
Cadeia de Comando:

< SET PRESET nn >

Em que nn é o número da predefinição, de 1 a 10. (O zero inicial é opcional ao usar o comando SET).
Resposta do MXA310:

< REP PRESET nn >

Em que nn é o número da predefinição, de 01–10.
Obter Nome da Predefinição
Cadeia de Comando:

< GET PRESET1 >

< GET PRESET2 >

< GET PRESET3>

etc

Envie um destes comandos para o MXA310.
Resposta do MXA310:

< REP PRESET1 {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} >

< REP PRESET2 {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} >

< REP PRESET3 {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} >

etc

Em queyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy são os 25 caracteres do nome de predefinição. O MXA310 sempre responde com um nome de predefinição de 25 caracteres
Obter Status da Saída de Porta
Cadeia de Comando:

< GET x AUTOMIX_GATE_OUT_EXT_SIG >

Em que x é um número ASCII do canal: de 0 a 4. Não é necessário enviar este comando continuamente. O MXA310 enviará uma mensagem REPORT sempre que o status for alterado.
Resposta do MXA310:

< REP x AUTOMIX_GATE_OUT_EXT_SIG ON >

< REP x AUTOMIX_GATE_OUT_EXT_SIG OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Saída do Switch Externo
Cadeia de Comando:

< GET EXT_SWITCH_OUT_STATE >

Não é necessário enviar este comando continuamente. O MXA310 enviará uma mensagem REPORT sempre que o status for alterado.
Resposta do MXA310: < REP EXT_SWITCH_OUT_STATE ON >

< REP EXT_SWITCH_OUT_STATE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Status do Botão Mudo
Cadeia de Comando:

< GET MUTE_BUTTON_STATUS >

Não é necessário enviar este comando continuamente. O MXA310 enviará uma mensagem REPORT sempre que o status for alterado.
Resposta do MXA310:

< REP MUTE_BUTTON_STATUS ON >

< REP MUTE_BUTTON_STATUS OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Estado do LED do Botão Mudo
Cadeia de Comando:

< GET MUTE_BUTTON_LED_STATE >

Resposta do MXA310:

< REP MUTE_BUTTON_LED_STATE ON >

< REP MUTE_BUTTON_LED_STATE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Obter Status do LED do Anel (Usar quando GUI Lighting Style estiver configurado em RING)
Cadeia de Comando:

< GET DEV_LED_IN_STATE >

Este comando fica disponível apenas quando a “Função de Controle de Mudo” estiver definida para “Saída de Lógica” ou “Desativada” E o “Estilo de Iluminação” do Anel de Luz estiver definido para “Anel” no GUI.
Resposta do MXA310:

< REP DEV_LED_IN_STATE ON >

< REP DEV_LED_IN_STATE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Definir Status do LED do Anel (Usar quando GUI Lighting Style estiver configurado em RING)
Cadeia de Comando:

< SET DEV_LED_IN_STATE ON >

< SET DEV_LED_IN_STATE OFF >

Envie um destes comandos para o MXA310. Este comando está disponível somente quando a “Função de Controle de Mudo” estiver definida para “Saída de Lógica” ou “Desativada” E o “Estilo de Iluminação” do Anel de Luz estiver definido para “Anel” no GUI.
Resposta do MXA310:

< REP DEV_LED_IN_STATE ON >

< REP DEV_LED_IN_STATE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Obter Status do LED dos Segmentos (Usar quando GUI Lighting Style estiver configurado em SEGMENTS)
Cadeia de Comando:

< GET x CHAN_LED_IN_STATE >

Este comando fica disponível apenas quando a “Função de Controle de Mudo” estiver definida para “Saída de Lógica” ou “Desativada” E o “Estilo de Iluminação” do Anel de Luz estiver definido para “Segmentos” no GUI.
Resposta do MXA310:

< REP x CHAN_LED_IN_STATE ON >

< REP x CHAN_LED_IN_STATE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Definir Status do LED dos Segmentos (Usar quando GUI Lighting Style estiver configurado em SEGMENTS)
Cadeia de Comando:

< SET x CHAN_LED_IN_STATE ON >

< SET x CHAN_LED_IN_STATE OFF >

Em que x é um número ASCII do canal: de 1 a 4. Envie um destes comandos para o MXA310. Este comando está disponível somente quando a “Função de Controle de Mudo” estiver definida para “Saída de Lógica” ou “Desativada” E o “Estilo de Iluminação” do Anel de Luz estiver definido para “Segmentos” no GUI.
Resposta do MXA310:

< REP x CHAN_LED_IN_STATE ON >

< REP x CHAN_LED_IN_STATE OFF >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Obter Brilho do LED
Cadeia de Comando:

< GET LED_BRIGHTNESS >

Resposta do MXA310:

< REP LED_BRIGHTNESS n >

Em que n pode ter um dos seguintes valores:

0 = LED desativado

1 = LED fraco

2 = padrão de LED

Firmware > v3.0:

0 = LED desativado

1 = 20%

2 = 40%

3 = 60%

4 = 80%

5 = 100%

Definir Brilho do LED
Cadeia de Comando:

< SET LED_BRIGHTNESS n >

Em que n pode ter um dos seguintes valores:

0 = LED desativado

1 = LED fraco

2 = padrão de LED

Firmware > v3.0:

0 = LED desativado

1 = 20%

2 = 40%

3 = 60%

4 = 80%

5 = 100%

Resposta do MXA310:

< REP LED_BRIGHTNESS n >

Obter Cor de Mudo do LED
Cadeia de Comando:

< GET LED_COLOR_MUTED >

Resposta do MXA310:

< REP LED_COLOR_MUTED nnnn >

Em que nnnn pode ser VERMELHO, VERDE, AZUL, ROSA, ROXO, AMARELO, LARANJA ou BRANCO.

Firmware > v3.0: Em que nnnn pode ser VERMELHO, VERDE, AZUL, ROSA, ROXO, AMARELO, LARANJA, BRANCO, DOURADO, VERDE AMARELADO, TURQUESA, AZUL PÁLIDO, CÍANO, AZUL CELESTE, ROXO CLARO, VIOLETA ou ORQUÍDEA.

Definir Cor de Mudo do LED
Cadeia de Comando:

< SET LED_COLOR_MUTED nnnn >

Em que nnnn pode ser VERMELHO, VERDE, AZUL, ROSA, ROXO, AMARELO, LARANJA ou BRANCO.

Firmware > v3.0: Em que nnnn pode ser VERMELHO, VERDE, AZUL, ROSA, ROXO, AMARELO, LARANJA, BRANCO, DOURADO, VERDE AMARELADO, TURQUESA, AZUL PÁLIDO, CÍANO, AZUL CELESTE, ROXO CLARO, VIOLETA ou ORQUÍDEA.

Resposta do MXA310:

< REP LED_COLOR_MUTED nnnn >

Obter Cor de Desativação de Mudo do LED
Cadeia de Comando:

< GET LED_COLOR_UNMUTED >

Resposta do MXA310:

< REP LED_COLOR_UNMUTED nnnn >

Em que nnnn pode ser VERMELHO, VERDE, AZUL, ROSA, ROXO, AMARELO, LARANJA ou BRANCO.

Firmware > v3.0: Em que nnnn pode ser VERMELHO, VERDE, AZUL, ROSA, ROXO, AMARELO, LARANJA, BRANCO, DOURADO, VERDE AMARELADO, TURQUESA, AZUL PÁLIDO, CÍANO, AZUL CELESTE, ROXO CLARO, VIOLETA ou ORQUÍDEA.

Definir Cor de Desativação de Mudo do LED
Cadeia de Comando:

< SET LED_COLOR_UNMUTED nnnn >

Em que nnnn pode ser VERMELHO, VERDE, AZUL, ROSA, ROXO, AMARELO, LARANJA ou BRANCO.

Firmware > v3.0: Em que nnnn pode ser VERMELHO, VERDE, AZUL, ROSA, ROXO, AMARELO, LARANJA, BRANCO, DOURADO, VERDE AMARELADO, TURQUESA, AZUL PÁLIDO, CÍANO, AZUL CELESTE, ROXO CLARO, VIOLETA ou ORQUÍDEA.

Resposta do MXA310:

< REP LED_COLOR_UNMUTED nnnn >

Obter Ação de Piscar do LED em Mudo
Cadeia de Comando:

< GET LED_STATE_MUTED >

Resposta do MXA310:

< REP LED_STATE_MUTED nnn >

Em que nnn pode ser LIGADO, DESLIGADO ou PISCANDO.
Definir Ação de Piscar do LED em Mudo
Cadeia de Comando:

< SET LED_STATE_MUTED nnn >

Em que nnn pode ser LIGADO, DESLIGADO ou PISCANDO.
Resposta do MXA310:

< REP LED_STATE_MUTED nnn >

Obter Ação de Piscar do LED ao Desativar Mudo
Cadeia de Comando:

< GET LED_STATE_UNMUTED >

Resposta do MXA310:

< REP LED_STATE_UNMUTED nnn >

Em que nnn pode ser LIGADO, DESLIGADO ou PISCANDO.
Definir Ação de Piscar do LED ao Desativar Mudo
Cadeia de Comando:

< SET LED_STATE_UNMUTED nnn >

Em que nnn pode ser LIGADO, DESLIGADO ou PISCANDO.
Resposta do MXA310:

< REP LED_STATE_UNMUTED nnn >

Reinicializar o MXA310 (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< SET REBOOT >

Resposta do MXA310: O MXA310 não envia uma resposta para este comando
Obter Eventos de Erro (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< GET LAST_ERROR_EVENT >

Resposta do MXA310:

< REP LAST_ERROR_EVENT {yyyyy} >

Em que yyyy pode ter até 128 caracteres.
Obter Filtro Passa Alta (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< GET LOW_CUT_FILTER >

Resposta do MXA310:

< REP LOW_CUT_FILTER ON >

< REP LOW_CUT_FILTER OFF >
O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Definir Filtro Passa Alta (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< SET LOW_CUT_FILTER ON >

< SET LOW_CUT_FILTER OFF >

< SET LOW_CUT_FILTER TOGGLE >
Envie um destes comandos para o MXA310
Resposta do MXA310:

< REP LOW_CUT_FILTER ON >

< REP LOW_CUT_FILTER OFF >
O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Obter Ativação do Filtro PEQ (firmware > v3.0)
Cadeia de Comando:

< GET xx PEQ yy >

Em que xx é o bloco PEQ 01–04 no canal do microfone. 5 é o PEQ no canal de saída de mixagem automática. Em que yy é o filtro PEQ 01–04 dentro do bloco selecionado. 00 pode ser usado para todos os blocos ou todos os filtros.
Resposta do MXA310:

< REP xx PEQ yy ON >

< REP xx PEQ yy OFF >

Definir Ativação do Filtro PEQ (firmware > v3.0)
Cadeia de Comando:

< SET xx PEQ yy ON >

< SET xx PEQ yy OFF >

Envie um destes comandos para o MXA915.
Resposta do MXA310:

< REP xx PEQ yy ON >

< REP xx PEQ yy OFF >

Em que xx é o bloco PEQ 01–04. 5 é o PEQ no canal de saída de mixagem automática. Em que yy é o filtro PEQ 01–04 dentro do bloco selecionado. 00 pode ser usado para todos os blocos ou todos os filtros.
Obter Ignorar todos EQs (firmware > v3.0)
Cadeia de Comando:

< GET BYPASS_ALL_EQ >

Resposta do MXA310:

< REP BYPASS_ALL_EQ sts >

Em que sts pode ser:
  • LIGADO
  • DESLIGADO
Definir Ignorar todos EQs (firmware > v3.0)
Cadeia de Comando:

< SET BYPASS_ALL_EQ sts >

Em que sts pode ser:
  • LIGADO
  • DESLIGADO
  • ALTERNAR
Resposta do MXA310:

< REP BYPASS_ALL_EQ sts >

Em que sts pode ser:
  • LIGADO
  • DESLIGADO
Obter Padrão Polar (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< GET x POLAR_PATTERN >

Resposta do MXA310:

< REP x POLAR_PATTERN TOROID >

< REP x POLAR_PATTERN OMNI >

< REP x POLAR_PATTERN CARDIOID >

< REP x POLAR_PATTERN SUPER >

< REP x POLAR_PATTERN HYPER >

< REP x POLAR_PATTERN BIDIRECTION >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Definir Padrão Polar (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< SET x POLAR_PATTERN TOROID >

< SET x POLAR_PATTERN OMNI >

< SET x POLAR_PATTERN CARDIOID >

< SET x POLAR_PATTERN SUPER >

< SET x POLAR_PATTERN HYPER >

< SET x POLAR_PATTERN BIDIRECTION >

Envie uma destas cadeias para o MXA310.
Resposta do MXA310:

< REP x POLAR_PATTERN TOROID >

< REP x POLAR_PATTERN OMNI >

< REP x POLAR_PATTERN CARDIOID >

< REP x POLAR_PATTERN SUPER >

< REP x POLAR_PATTERN HYPER >

< REP x POLAR_PATTERN BIDIRECTION >

O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Obter Ângulo do Lóbulo (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< GET x LOBE_ANGLE >

Resposta do MXA310:

< REP x LOBE_ANGLE nnn >

Em que nnn é 015, 030, 045, 060, 075, 090, 105, 120, 135, 150, 165, 180, 195, 210, 225, 240, 255, 270, 285, 300, 315, 330 ou 345.
Incrementar/Diminuir Ângulo do Lóbulo (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< SET x LOBE_ANGLE INC nn >

< SET x LOBE_ANGLE DEC nnn >

Envie uma destas cadeias para o MXA310. Em que nn é 15, 30, 45, 60 etc.
Resposta do MXA310:

< REP x LOBE_ANGLE nnn >

Em que nnn é 015, 030, 045, 060, 075, 090, 105, 120, 135, 150, 165, 180, 195, 210, 225, 240, 255, 270, 285, 300, 315, 330 ou 345.
Definir Ângulo do Lóbulo (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< SET x LOBE_ANGLE nn >

Resposta do MXA310:

< REP x LOBE_ANGLE nnn >

Em que nnn é 015, 030, 045, 060, 075, 090, 105, 120, 135, 150, 165, 180, 195, 210, 225, 240, 255, 270, 285, 300, 315, 330 ou 345.
Obter Função de Controle de Mudo (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< GET MUTE_CONTROL_FUNC >

Resposta do MXA310:

< REP MUTE_CONTROL_FUNC LOCAL >

< REP MUTE_CONTROL_FUNC LOGIC >

< REP MUTE_CONTROL_FUNC DISABLED >
O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Definir Função de Controle de Mudo (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< SET MUTE_CONTROL_FUNC LOCAL >

< SET MUTE_CONTROL_FUNC LOGIC >

< SET MUTE_CONTROL_FUNC DISABLED >
Envie um destes comandos para o MXA310
Resposta do MXA310:

< REP MUTE_CONTROL_FUNC LOCAL >

< REP MUTE_CONTROL_FUNC LOGIC >

< REP MUTE_CONTROL_FUNC DISABLED >
O MXA310 responde com uma destas cadeias.
Obter Estado do LED do Canal Mudo
Cadeia de Comando:

< GET x CHAN_MUTE_STATUS_LED_STATE >

em que x é o canal solicitado: 0: todos os canais, de 1 a 4: canal individual
Resposta do MXA310:

< REP x CHAN_MUTE_STATUS_LED_STATE ON >

< REP x CHAN_MUTE_STATUS_LED_STATE OFF >

em que x é o número do canal: de 1 a 4: canal individual; LIGADO = MUDO DESLIGADO = MUDO DESATIVADO
Obter o Estado do LED de Mudo do Dispositivo
Cadeia de Comando:

< GET DEV_MUTE_STATUS_LED_STATE >

Resposta do MXA310:

< REP DEV_MUTE_STATUS_LED_STATE ON >

< REP DEV_MUTE_STATUS_LED_STATE OFF >

LIGADO = MUDO; DESLIGADO = MUDO DESATIVADO
Obter o Nome do Dispositivo de Áudio da Rede
Cadeia de Comando:

< GET NA_DEVICE_NAME >

Resposta do MXA310:

< REP NA_DEVICE_NAME {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy}

Em que {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} é uma cadeia de texto. A maioria dos dispositivos permite uma ID do dispositivo de até 31 caracteres. O valor é preenchido com espaços, conforme necessário, para garantir que 31 caracteres sejam sempre reportados.
Obter o Nome do Canal de Áudio da Rede
Cadeia de Comando:

< GET xx NA_CHAN_NAME >

Em que xx é o número do canal. Todos os canais: 0 MXA310: de 1 a 5, em que 5 é o canal de mix. auto
Resposta do MXA310:

< REP xx NA_CHAN_NAME {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy}

Em que xx é o número do canal. Em que {yyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyyy} é o nome do canal de 31 caracteres. O valor é preenchido com espaços, conforme necessário, para garantir que 31 caracteres sejam sempre reportados.
Obter Endereço MAC da Rede de Controle
Cadeia de Comando:

< GET CONTROL_MAC_ADDR >

Resposta do MXA310:

< REP CONTROL_ MAC_ADDR yy:yy:yy:yy:yy:yy >

Em que yy:yy:yy:yy:yy:yy é uma cadeia literal de 17 caracteres formatada em 6 octetos, cada um separado por dois pontos. Exemplo: 00:0E:DD:FF:F1:63
Restaurar Configurações Padrão (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< SET DEFAULT_SETTINGS >

Solicite que o dispositivo se configure para as configurações padrão.
Resposta do MXA310:

< REP PRESET xx >

em que xx = 00 se a restauração for bem-sucedida
Obter Filtros PEQ (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< GET PEQ_FLTRxx >

em que xx é o número do filtro de 01 a 04: filtro individual
Resposta do MXA310:

< REP PEQ_FLTRxx ON >

< REP PEQ_FLTRxx OFF >

em que xx é o número do filtro PEQ. Status do filtro PEQ: LIGADO DESLIGADO
Definir Filtros PEQ (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< SET PEQ_FLTRxx ON >

< SET PEQ_FLTRxx OFF >

< SET PEQ_FLTRxx TOGGLE >

em que xx é o número do filtro. Status do filtro PEQ: LIGADO DESLIGADO ALTERNAR
Resposta do MXA310:

< REP PEQ_FLTRxx ON >

< REP PEQ_FLTRxx OFF >

em que xx é o número do filtro PEQ. Status do filtro PEQ: LIGADO DESLIGADO
Obter Canais Ativos do Microfone
Cadeia de Comando:

< GET NUM_ACTIVE_MICS >

Resposta do MXA310:

< REP NUM_ACTIVE_MICS x >

em que n é o número de canais ativos que podem ter valores: MXA310: canais de 1 a 4
Obter Ativação do Canal Solo de Mix. Auto
Cadeia de Comando:

< GET x CHAN_AUTOMIX_SOLO_EN >

em que x é o número do canal: 0 não é válido; MXA910: canais 1–8
Resposta do MXA310:

< REP x CHAN_AUTOMIX_SOLO_EN ENABLE >

< REP x CHAN_AUTOMIX_SOLO_EN DISABLE >

em que x é o número do canal: 0 não é válido; MXA910: canais 1–8; em que sts indica o estado SOLO do x do canal: ATIVAR DESATIVAR
Definir Ativação do Canal Solo de Mix. Auto
Cadeia de Comando:

< SET x CHAN_AUTOMIX_SOLO_EN ENABLE >

< SET x CHAN_AUTOMIX_SOLO_EN DISABLE >

em que x é o número do canal: 0 não é válido; MXA910: canais 1–8; em que sts determina o estado solicitado do modo SOLO: ATIVAR DESATIVAR
Resposta do MXA310:

< REP x CHAN_AUTOMIX_SOLO_EN ENABLE >

< REP x CHAN_AUTOMIX_SOLO_EN DISABLE >

em que x é o número do canal: 0 não é válido; MXA910: canais 1–8; em que sts indica o estado SOLO do x do canal: ATIVAR DESATIVAR
Obter Status de Criptografia (firmware > v2.0)
Cadeia de Comando:

< GET ENCRYPTION >

Obter o status de criptografia do nível do dispositivo;
Resposta do MXA310:

< REP ENCRYPTION ON >

< REP ENCRYPTION OFF >

Envie um destes comandos para o MXA310.

Redes e Dante

Redes de Áudio Digital

O áudio digital DanteTM é transmitido via Ethernet padrão e opera usando Protocolos de Internet padrão. O Dante fornece baixa latência, sincronização precisa do relógio e elevada QoS (Qualidade do Serviço) para oferecer transporte de áudio confiável a uma variedade de dispositivos Dante. O áudio Dante pode coexistir com segurança na mesma rede que a TI e os dados de controle ou ser configurado para usar uma rede dedicada.

Recomendações de Switch para Redes Dante

Além dos requisitos básicos de rede, as redes de áudio Dante devem usar um switch de rede Gigabit ou um roteador com os seguintes recursos:

  • Portas Gigabit
  • QoS (Qualidade de Serviço) com quatro filas
  • Diffserv (DSCP) QoS, com prioridade estrita
  • Recomendado: um switch gerenciado para fornecer informações detalhadas sobre o funcionamento de cada conexão de rede (velocidade de portas, contadores de erros, largura de banda usada)

Configurações de QoS (Qualidade de Serviço)

As configurações de QoS atribuem prioridades aos pacotes de dados específicos na rede, garantindo a entrega segura de áudio em redes maiores, com tráfego pesado. Esse recurso está disponível na maioria dos interruptores de rede gerenciados. Embora não seja obrigatório, recomenda-se atribuir configurações de QoS.

Observação: Coordenar as alterações com o administrador da rede para evitar a interrupção do serviço.

Para atribuir valores de QoS, abra a interface do interruptor e use a tabela a seguir para atribuir valores de fila associados ao Dante.

  • Atribua o valor mais alto possível (como mostrado neste exemplo 4) para eventos PTP de tempo crítico
  • Use os valores de prioridade para cada pacote restante.
Valores de prioridade do Dante QoS
Prioridade Utilização Rótulo DSCP Hex Decimal Binário
Alto (4) Eventos PTP de tempo crítico CS7 0x38 56 111000
Médio (3) Áudio, PTP EF 0x2E 46 101110
Baixo (2) (reservado) CS1 0x08 8 001000
Nenhum (1) Outro tráfego BestEffort 0x00 0 000000

Observação: O gerenciamento do interruptor pode variar conforme o fabricante e o tipo de interruptor. Consulte o guia do fabricante do produto para obter detalhes de configuração específicos.

Para obter mais informações sobre os requisitos do Dante e sobre as redes, visite www.audinate.com.

Terminologia de rede

PTP (Protocolo de Precisão de Tempo): Utilizado para sincronizar os relógios na rede

DSCP (Ponto de Código de Serviços Diferenciados): Método de identificação padronizada para dados utilizados na camada 3 QoS de priorização

Fluxos de Transmissão Dante

Para cada dispositivo, há um limite de 2 fluxos de transmissão e 2 fluxos de recepção. Um fluxo único consiste em uma transmissão unicast ou multicast e suporta até 4 canais de áudio.

  • Um fluxo unicast é uma conexão ponto a ponto entre 2 dispositivos, com suporte para até 4 canais por fluxo. Para enviar 8 canais de áudio entre dois dispositivos, são necessários 2 fluxos unicast.
  • Um fluxo multicast é uma transmissão “um para N” com suporte para o envio de até 4 canais para diversos dispositivos receptores na rede. Para enviar 8 canais de um dispositivo para todos os outros dispositivos na rede, são necessários 2 fluxos multicast.

Uso em Rede

Melhores Práticas de Redes

Use as seguintes melhores práticas ao configurar uma rede para assegurar uma comunicação confiável:

  • Sempre use uma topologia de rede "estrela" conectando cada componente diretamente ao switch ou roteador.
  • Conecte todos os dispositivos de rede Shure à mesma rede e configure-os na mesma sub-rede. Também é necessário para abrir o aplicativo da web para um dispositivo.
  • Dispositivos em redes separadas exigem um processador de áudio ou software de conferência para transmitir o áudio entre eles. Consulte a seção de requisitos de planejamento de sistema e equipamentos para obter informações de configuração de rede e exemplos de configuração.
  • Use apenas um servidor DHCP por rede. Desative o endereçamento DHCP nos servidores adicionais.
  • Ligue o switch e o servidor DHCP antes dos equipamentos MXA.
  • Para expandir a rede, use vários switches Ethernet em uma topologia em estrela.
  • Todos os dispositivos devem ter o mesmo nível de revisão de firmware.

Dados de Áudio da Rede e Controle Shure

Os dispositivos MicroflexAdvance transportam dois tipos de dados na rede: Controle Shure e Áudio da Rede.

Controle Shure

O Controle Shure transmite dados para a operação do software de controle, atualizações de firmware e sistemas de controle de terceiros (AMX, Crestron).

Áudio da Rede

Esta rede transporta dados de áudio digital e controle do Dante para o Controlador Dante. O áudio da rede requer uma conexão gigabit Ethernet com fio para operar.

Configurações IP de Dispositivo

Configurar IP

Configura o modo IP da interface de rede selecionada:

  • Auto (DHCP): Para a atribuição automática de endereços IP.
  • Manual (Estático): Para endereços IP estáticos.

Configurações IP

Exibe e edita o Endereço IP, Máscara de Sub-rede e Gateway de cada interface de rede.

Endereço MAC

A identificação exclusiva da interface de rede.

Definição das Configurações IP

As configurações de IP são gerenciadas pelo aplicativo da web ou pelo software Shure Designer. Por padrão, elas são ajustadas no modo Automático (DHCP). O modo DHCP permite que os dispositivos aceitem configurações IP de um servidor DHCP ou usem automaticamente as configurações de Conexão-Local quando não houver DHCP disponível. Os endereços IP também podem ser definidos manualmente.

Para configurar as propriedades de IP, siga as etapas abaixo:

  1. Abra o aplicativo da web ou software Shure Designer. No Designer, abra a janela de configuração do dispositivo.
  2. Vá para a guia Configurações e selecione Rede.
  3. Selecione Automático ou Manual. Se Automático for selecionado, os endereços serão atribuídos automaticamente. Para a configuração Manual, siga as instruções na configuração do manual.

Atribuição Manual de Endereço IP Estático

Para atribuir manualmente os endereços IP, siga estas etapas:

  1. Abra o aplicativo da web ou software Shure Designer. No Designer, abra a janela de configuração do dispositivo.
  2. Vá para a guia Configurações e selecione Rede.
  3. Selecione Manual na configuração Configurar IP.
  4. Insira as configurações de IP.

Configuração da Latência

Latência é a quantidade de tempo necessária para que um sinal percorra o sistema até as saídas de um dispositivo. Para levar em conta as variações no tempo de latência entre dispositivos e canais, o Dante tem uma seleção predeterminada de configurações de latência. Quando a mesma configuração é selecionada, isso assegura que todos os dispositivos Dante da rede sejam sincronizados.

Esses valores de latência devem ser usados como um ponto de partida. Para determinar a latência exata a ser usada na sua configuração, aplique a configuração, envie áudio Dante entre seus dispositivos e meça a latência real em seu sistema usando o software Dante Controller da Audinate. Então, arredonde para a configuração de latência mais próxima disponível e use-a.

Use o software Dante Controller da Audinate para alterar as configurações de latência.

Recomendações de Latência

Configuração de Latência Número Máximo de Switches
0,25 ms 3
0,5 ms (padrão) 5
1 ms 10
2 ms 10+

Operação do Software de Controle em Wi-Fi

Ao operar o aplicativo da web em uma rede Wi-Fi, é importante configurar corretamente o roteador sem fio para obter o melhor desempenho. O sistema emprega diversos protocolos baseados em padrões que dependem de multicast. Conexões Wi-Fi tratam pacotes de transmissão e multicast diferentemente de pacotes gerais por razões de compatibilidade reversa. Em alguns casos, o roteador Wi-Fi limita a taxa de transmissão de pacotes multicast a um valor muito baixo para que o aplicativo da web opere corretamente.

Roteadores Wi-Fi normalmente suportam os padrões 802.11b, 802.11a/g e/ou 802.11n. Por padrão, muitos roteadores Wi-Fi são configurados para permitir que dispositivos 802.11b antigos operem na rede. Nessa configuração, esses roteadores limitam automaticamente as taxas de dados multicast (às vezes chamadas de “taxa básica” ou “taxa de gerenciamento”) a 1–2 Mbps.

Observação: Uma conexão Wi-Fi somente pode ser usada para o software de controle. O áudio da rede não pode ser transmitido por Wi-Fi.

Dica: Para configurações altas de microfones sem fio, recomenda-se aumentar a taxa de transmissão multicast para fornecer largura de banda adequada.

Importante: Para obter o melhor desempenho, use um roteador Wi-Fi que não limite a taxa multicast a 1–2 Mbps.

A Shure recomenda as seguintes marcas de roteador Wi-Fi:

  • Cisco
  • Linksys
  • Apple

Ponte de Pacotes

A ponte de pacotes ativa um controlador externo para obter informações de IP a partir da interface de controle de um dispositivo Shure. Para acessar a ponte de pacotes, um controlador externo deve enviar um pacote de consulta pelo UDP* unicast para a porta 2203 na interface Dante do dispositivo Shure.

  1. Envie um pacote UDP com uma carga útil mínima de 1 byte.

    Observação: A carga útil máxima aceitável é de 140 bytes. É permitido qualquer conteúdo.

  2. O dispositivo Shure enviará um pacote de resposta pelo UDP unicast para o controlador, usando uma porta UDP de destino idêntica à porta de origem do pacote de consulta. A carga útil do pacote de resposta segue este formato:
    Bytes Conteúdo
    0–3 Endereço IP, como um inteiro de 32 bits sem sinal na ordem da rede
    4–7 Máscara da sub-rede, como um inteiro de 32 bits sem sinal na ordem da rede
    8–13 Endereço MAC, como um arranjo de 6 bytes

    Observação: O dispositivo Shure deve responder em menos de um segundo em uma rede típica. Se não houver resposta, tente enviar a consulta novamente após verificar o endereço IP e o número da porta do destino.

*UDP: Protocolo de Datagrama do Usuário

Portas e Protocolos IP

Controle Shure
Porta TCP/UDP Protocolo Descrição Padrão de Fábrica
21 tcp FTP Necessário para atualizações de firmware (caso contrário, fechado) Fechado
22 tcp SSH Sem suporte Fechado
23 tcp Telnet Interface de console padrão Fechado
68 udp DHCP Protocolo de Configuração Dinâmica de Hosts Aberto
80* tcp HTTP Necessário para iniciar o servidor web integrado Aberto
427 tcp/udp SLP Necessário para a comunicação entre dispositivos Aberto
443 tcp HTTPS Sem suporte Fechado
161 tcp SNMP Sem suporte Fechado
162 tcp SNMP Sem suporte Fechado
2202 tcp ASCII Necessário para as cadeias de controle de terceiros Aberto
5353 udp mDNS Necessário para a descoberta de dispositivos Aberto
5568 udp SDT Necessário para a comunicação entre dispositivos Aberto
8023 tcp Telnet Interface de console de depuração Senha
8180* tcp HTML Necessário para o aplicativo da web Aberto
8427 udp Multicast SLP Necessário para a comunicação entre dispositivos Aberto
64000 tcp Telnet Necessário para a atualização do firmware da Shure Aberto
Áudio e Controlador Dante
Porta TCP/UDP Protocolo Descrição
162 udp SNMP Usado pelo Dante
[319–320]* udp PTP Relógio do Dante
2203 udp Personalizado Exigido para ponte de pacotes
4321, 14336–14600 udp Dante Áudio do Dante
[4440, 4444, 4455]* udp Dante Roteamento de áudio do Dante
5353 udp mDNS Usado pelo Dante
[8700–8706, 8800]* udp Dante Controle e Monitoração do Dante
8751 udp Dante Controlador Dante
16000–65536 udp Dante Usado pelo Dante

*Estas portas devem estar abertas no PC ou no sistema de controle para acessar o dispositivo por meio de um firewall.

Estes protocolos precisam de multicast. Verifique se o multicast foi configurado corretamente para sua rede.

Solução de Problemas

Problema Solução
O software está lento no navegador Google Chrome O problema é relacionado ao navegador. Desligue a opção de aceleração de hardware do Chrome.
A qualidade do som está abafada ou oca
  • Verifique se os canais foram direcionados para a área desejada.
  • Verifique se os canais não foram silenciados acidentalmente.
  • Use o equalizador para ajustar a resposta de frequência em um único canal ou no canal de Mix. Auto. Consulte os aplicativos do equalizador para ver seu uso adequado.
O microfone não aparece no Device Discovery
  • Verifique se os dispositivos estão ligados
  • Verifique se o PC e os equipamentos estão na mesma rede e configure-os na mesma sub-rede
  • Desligue as outras interfaces de rede não usadas para conectar ao dispositivo (inclusive WiFi)
  • Verifique se o servidor DHCP está funcionando (se aplicável)
  • Reinicie o dispositivo, se necessário
O áudio não está presente ou está baixo/distorcido
  • Verifique os cabos
  • Verifique se os canais não estão silenciados
  • Verifique se os canais estão direcionados na direção correta, com o padrão polar desejado.
  • Verifique se os níveis de volume não estão baixos demais
  • Se estiver usando mix. auto, verifique as configurações para garantir que todos os canais estejam comutando corretamente
Sem luzes Verifique se o modo Modo Sem Luzes está ativado ou se alguma configuração do Anel de Luz foi desativada.
A mixagem automática está desativada ou um canal está ausente
  • A mix. automática é desativada automaticamente ao ligar em toroidal
  • Canais omnidirecionais não são enviados para o canal de mix. auto
O microfone não liga
  • O switch de rede deve fornecer Power over Ethernet. Caso contrário, um injetor de PoE deve ser usado
  • Verifique os cabos e conexões de rede

Informações importantes do produto

Este equipamento destina-se a ser usado em aplicações de áudio profissionais.

Observação: Este dispositivo não deve ser conectado diretamente a uma rede pública de Internet.

Compatibilidade eletromagnética com a norma Ambiental E2: Comercial e Industrial Leve. O teste é baseado no uso dos tipos de cabos recomendados e fornecidos. O uso de outros tipos de cabos que não blindados (telados) pode degradar o desempenho da compatibilidade eletromagnética.

Alterações ou modificações não expressamente aprovadas pela Shure Incorporated podem anular a autorização do usuário para operar este equipamento.

Selo de Conformidade ICES-003 da Indústria Canadense: CAN ICES-3 (B)/NMB-3(B)

Autorizado sob a cláusula de verificação da FCC Parte 15B.

Siga o esquema de reciclagem de sua região para baterias, embalagem e resíduos eletrônicos.

Informações para o usuário

Este equipamento foi testado e está de acordo com os limites para um dispositivo digital Classe B, segundo a Parte 15 das Normas do FCC. Estes limites foram projetados para fornecer razoável proteção contra interferência prejudicial em uma instalação residencial. Este equipamento gera, usa e pode irradiar energia de radiofrequência e, se não for instalado e usado conforme as instruções, pode causar interferência prejudicial às comunicações de rádio. Entretanto, não há garantias de que não ocorrerão interferências em uma determinada instalação. Se este equipamento causar interferência prejudicial à recepção de rádio ou televisão, o que pode ser determinado ao desligar e ligar o equipamento, o usuário deve tentar corrigir a interferência tomando uma das seguintes medidas:

  • Reoriente ou mude de lugar a antena receptora.
  • Aumente a distância entre o equipamento e o receptor.
  • Conecte o equipamento a uma tomada de um circuito diferente do circuito da tomada onde o receptor está conectado.
  • Consulte o fabricante do equipamento ou um técnico de rádio/televisão experiente.

A Declaração de Conformidade da CE pode ser obtida em: www.shure.com/europe/compliance

Representante Autorizado Europeu:

Shure Europe GmbH

Headquarters Europe, Middle East & Africa

Department: EMEA Approval

Jakob-Dieffenbacher-Str. 12

75031 Eppingen, Alemanha

Telefone: +49-7262-92 49 0

Fax: +49-7262-92 49 11 4

E-mail: info@shure.de

Atende a todos os requisitos essenciais das Diretivas Europeias relevantes e pode exibir a marca CE.

A Declaração de Conformidade da CE pode ser obtida da Shure Incorporated ou de qualquer um dos seus representantes europeus. Para informações de contato, visite www.shure.com

Peças de Reposição

Tampão de saída de cabo (preto) 65A29429
Tampão de saída de cabo (branco) 65B29429
Tampão de saída de cabo (prata) 65C29429
Porca-borboleta do tubo de montagem 65A27351
Tubo de montagem 31A2165
Anel de Isolamento de Borracha 66A405
Braçadeiras de cabo de borracha (4) 80A583
Kit da bandeja de montagem embutida (alumínio) A310AL-FM
Kit da bandeja de montagem embutida (preto) A310B-FM

Especificações

Todas as especificações são medidas a partir de um padrão polar cardioide. Os valores de todas as larguras estão dentro de ± 3 dB dessas especificações, salvo se especificado de outra forma.

Padrão polar

Todos os canais são ajustáveis de forma independente

Cardióide, Hipercardioide, Supercardióide, Toroidal, Onidirecional, Bidirecional

Tipo de Conector

RJ45

Requisitos de Alimentação Elétrica

Power over Ethernet (PoE), Classe 0

Consumo de Energia

4W, máximo

Peso

362  g (0,8 lbs)

Dimensões

A x L x P

3,6 x 13,4 x 13,4 cm (1,4 x 5,3 x 5,3 pol.)

aplicativo de controle

HTML5 baseado em navegador

Faixa de Temperatura de Operação

−6,7°C (20°F) a 40°C (104°F)

Faixa de Temperatura de Armazenamento

−29°C (-20°F) a 74°C (165°F)

Áudio

Resposta a Frequências

100 a 20,000 Hz

Saída Digital Dante

Contagem de canais 5 canais totais (4 canais de transmissão independentes, 1 Automático canal de transmissão de mixagem)
Taxa de amostragem 48 kHz
Profundidade de bit 24

Sensibilidade

a 1 kHz, , -15 dB Configuração de Ganho

-21 dBFS/Pa

SPL máximo

1 kHz a 1% THD, -15 dB Configuração de Ganho

115,2 dB SPL

Relação Sinal-Ruído

Ref. 94 dB SPL a 1 kHz, -15 dB Configuração de Ganho

Cardióide 75 dB
Toroidal 67 dB

Latência

Latência de Dante não inclusa

<1 ms

Ruído próprio

-15 dB Configuração de Ganho

Cardióide 19,2 dB SPL-A
Toroidal 26,8 dB SPL-A

Escala Dinâmica

-15 dB Configuração de Ganho

Cardióide 96 dB
Toroidal 90 dB SPL

Integrado Processamento de Sinal Digital

Por Canal Equalizador (Paramétrico de 4 bandas) , Mudo, Ganho (140 dB faixa)
Sistema Automático canal de transmissão, Filtro de sons graves (-12 dB/oitava @150 Hz)

[1]1 Pa=94 dB SPL

[2]Atribuível a um canal por vez

Uso em Rede

Requisitos de Cabo

Cat 5e ou superior (cabo blindado recomendado)

Frequency Response

Resposta de frequência medida a uma distância de 61 cm (2 pés).

Hipercardioide

Supercardióide

Toroidal

Onidirecional

Cardióide

Bidirecional